icons.title signature.placeholder LANCEPRESS
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS
20/07/2013
20:27

Após as críticas do diretor Adalberto Baptista sobre as reposições de bola de Rogério Ceni, o São Paulo entrou em campo na noite deste sábado, no Morumbi, a fim de vencer o Cruzeiro e "repor" o clube no seu lugar. Mas não conseguiu. Pior, foi humilhado. Com três gols do ex-palmeirense Luan, a Raposa venceu por 3 a 0 e pulou para a vice-liderança do campeonato, com 15 pontos. O Tricolor caiu 15º, com oito.

Com o resultado, o São Paulo chegou a sete derrotas consecutivas, a pior sequência de sua história. Já são dez jogos sem vencer - o time está prestes a igualar a pior marca, de 11 jogos, que aconteceu uma vez em 1951 e outra em 1986. Só no Morumbi, são cinco derrotas consecutivas. A torcida, é claro, vaiou o time e a diretoria.


LUAN, O CARRASCO DA RAPOSA

Em crise pela perda da Recopa Sul-Americana contra o Corinthians, o Tricolor foi a campo em busca da primeira vitória sob o comando de Paulo Autuori - após derrotas para Vitória e Timão. As principais novidades da equipe foram Clemente Rodríguez, que não jogou a competição sul-americana, e Jadson, fora das últimas partidas por um entorce no tornozelo direito.

Nada disso, porém, ajudou a equipe da casa. Após um primeiro tempo de poucas chances, em que Rogério Ceni caprichou ao lançar a bola para os companheiros e ainda fez algumas poucas defesas em chutes de longe, o equilíbrio foi por água abaixo na etapa final.

Com seis minutos, Luan pegou uma bola cruzada da direita de primeira e acertou a bola no ângulo de Rogério Ceni. Um golaço! O gol desestabilizou ainda mais o emocional da equipe. Autuori, então, sacou Luis Fabiano e colocou Aloísio. O camisa 9, que saiu vaiado, recebeu um afago do treinador.

São Paulo e Cruzeiro se enfrentaram no Morumbi (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)

Em dois contra-ataques, o gol do time da casa quase saiu. Primeiro, Osvaldo cruzou na medida para Aloísio, mas Fábio saiu do gol para cortar o cruzamento e se antecipou à jogada. Depois, o camisa 19 ficou frente a frente com o goleiro cruzeirense, mas chutou para fora.

O castigo veio com o nome de Luan. De novo. E mais duas vezes. Na primeira, ganhou de Clemente Rodrígues na corrida e bateu para o fundo do gol. Três minutos depois, Rodrigo Caio não conseguiu cortar uma bola lançada, o atacante se aproveitou do vacilo e bateu na saída de Ceni. Hat-trick com direito a dancinha no Morumbi e segundo 3 a 0 seguido do time mineiro no Brasileirão!

Na quarta-feira, o São Paulo recebe o Internacional no Morumbi, em rodada antecipada (12ª) por conta da Copa Suruga. Já o Cruzeiro só volta a campo no domingo, às 16h, contra o Atlético-MG no Mineirão.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 0 X 3 CRUZEIRO

LOCAL: estádio do Morumbi, em São Paulo
DATA/HORÁRIO: 20/7/2013, às 18h30
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes (SC)
ASSISTENTES: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
GOLS: Luan, 6'2°T (0-1), 33'2°T (0-2) e 36'2°T (0-3)
CARTÕES AMARELOS: Não houve
CARTÕES VERMELHO: Não houve
RENDA/PÚBLICO: 11.675 pagantes/R$325.545,00

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Clemente Rodríguez; Denilson (Roni, 37'2°T), Rodrigo Caio, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo (Silvinho, 31'2°T) e Luis Fabiano (Aloísio, 13'2°T). Técnico: Paulo Autuori.

CRUZEIRO: Fábio, Mayke (Leandrinho, 39'2°T), Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio. Nilton, Souza, Everton Ribeiro (Martinuccio, 30'2°T) e Ricardo Goulart (Lucca, 20'2°T). Luan e Vinícius Araújo. Técnico: Marcelo Oliveira.

 


Após as críticas do diretor Adalberto Baptista sobre as reposições de bola de Rogério Ceni, o São Paulo entrou em campo na noite deste sábado, no Morumbi, a fim de vencer o Cruzeiro e "repor" o clube no seu lugar. Mas não conseguiu. Pior, foi humilhado. Com três gols do ex-palmeirense Luan, a Raposa venceu por 3 a 0 e pulou para a vice-liderança do campeonato, com 15 pontos. O Tricolor caiu 15º, com oito.

Com o resultado, o São Paulo chegou a sete derrotas consecutivas, a pior sequência de sua história. Já são dez jogos sem vencer - o time está prestes a igualar a pior marca, de 11 jogos, que aconteceu uma vez em 1951 e outra em 1986. Só no Morumbi, são cinco derrotas consecutivas. A torcida, é claro, vaiou o time e a diretoria.


LUAN, O CARRASCO DA RAPOSA

Em crise pela perda da Recopa Sul-Americana contra o Corinthians, o Tricolor foi a campo em busca da primeira vitória sob o comando de Paulo Autuori - após derrotas para Vitória e Timão. As principais novidades da equipe foram Clemente Rodríguez, que não jogou a competição sul-americana, e Jadson, fora das últimas partidas por um entorce no tornozelo direito.

Nada disso, porém, ajudou a equipe da casa. Após um primeiro tempo de poucas chances, em que Rogério Ceni caprichou ao lançar a bola para os companheiros e ainda fez algumas poucas defesas em chutes de longe, o equilíbrio foi por água abaixo na etapa final.

Com seis minutos, Luan pegou uma bola cruzada da direita de primeira e acertou a bola no ângulo de Rogério Ceni. Um golaço! O gol desestabilizou ainda mais o emocional da equipe. Autuori, então, sacou Luis Fabiano e colocou Aloísio. O camisa 9, que saiu vaiado, recebeu um afago do treinador.

São Paulo e Cruzeiro se enfrentaram no Morumbi (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)

Em dois contra-ataques, o gol do time da casa quase saiu. Primeiro, Osvaldo cruzou na medida para Aloísio, mas Fábio saiu do gol para cortar o cruzamento e se antecipou à jogada. Depois, o camisa 19 ficou frente a frente com o goleiro cruzeirense, mas chutou para fora.

O castigo veio com o nome de Luan. De novo. E mais duas vezes. Na primeira, ganhou de Clemente Rodrígues na corrida e bateu para o fundo do gol. Três minutos depois, Rodrigo Caio não conseguiu cortar uma bola lançada, o atacante se aproveitou do vacilo e bateu na saída de Ceni. Hat-trick com direito a dancinha no Morumbi e segundo 3 a 0 seguido do time mineiro no Brasileirão!

Na quarta-feira, o São Paulo recebe o Internacional no Morumbi, em rodada antecipada (12ª) por conta da Copa Suruga. Já o Cruzeiro só volta a campo no domingo, às 16h, contra o Atlético-MG no Mineirão.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 0 X 3 CRUZEIRO

LOCAL: estádio do Morumbi, em São Paulo
DATA/HORÁRIO: 20/7/2013, às 18h30
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes (SC)
ASSISTENTES: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
GOLS: Luan, 6'2°T (0-1), 33'2°T (0-2) e 36'2°T (0-3)
CARTÕES AMARELOS: Não houve
CARTÕES VERMELHO: Não houve
RENDA/PÚBLICO: 11.675 pagantes/R$325.545,00

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Clemente Rodríguez; Denilson (Roni, 37'2°T), Rodrigo Caio, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo (Silvinho, 31'2°T) e Luis Fabiano (Aloísio, 13'2°T). Técnico: Paulo Autuori.

CRUZEIRO: Fábio, Mayke (Leandrinho, 39'2°T), Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio. Nilton, Souza, Everton Ribeiro (Martinuccio, 30'2°T) e Ricardo Goulart (Lucca, 20'2°T). Luan e Vinícius Araújo. Técnico: Marcelo Oliveira.