icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
07:00

Mais uma noite excepecional de LeBron James na NBA. O ala de 29 anos anotou números impressionantes na vitória do atual bicampeão Miami Heat sobre o Cleveland Cavaliers, sua ex-equipe, por 100 a 96, em Ohio. A grande atuação do astro ainda apagou uma boa noite do brasileiro Anderson Varejão.

Sem a presença do ala-armador Dwyane Wade, que foi obrigado a repousar o joelho, os outros dois astros de Miami deram conta do recado: James e Chris Bosh. O primeiro fez 43 pontos, seis rebotes, quatro assistências e três bloqueios fundamentais de arremessos rivais. O ala ainda brilhou com seis arremessos certeiros dos oito que tentou do perímetro. Chris Bosh anotou 21 pontos e seis rebotes.

O técnico Erik Spoelstra repetiu a novidade da última partida do Heat: jogou com o pivô Greg Oden como titular e deixou Bosh como ala-pivô, sua posição de origem. Mas Oden, novamente, jogou pouco (14 minutos) e fez seis pontos, além de dois tocos.

Pelo Cavs, mesmo saindo do banco, o pivô Varejão teve bons números, anotando 16 pontos e 11 rebotes. O ala-armador Dion Waiters fez o seu primeiro-duplo-duplo na carreira, com 17 pontos e 11 assistências, e o armador Jarrett Jack anotou 22 pontos.

Mas mais uma vez uma partida entre LeBron James e sua ex-equipe termina com vitória do ala, que só perdeu para o Cavs uma vez em 14 jogos.

E os números de LeBron James poderiam ter sido ainda maiores, tendo em vista que ele marcou 25 pontos somente no primeiros quarto e ao fim do segundo quarto estava com 31 pontos acumulados. No restante do jogo, porém, ele arremessou somente oito vezes.

Segundo o técnico Spoelstra, isso mostra o quanto LeBron sabe identificar quando seus companheiros estão em melhores condições para o arremesso.

- Isso é o que faz de LeBron um jogador único na Liga. Hoje em dia, tem jogadores que visam números. Após um início como o que ele teve, muitos pensariam que poderiam chegar a 70 ou mais pontos - falou o treinador.

No início deste mês, LeBron James anotou o recorde de pontos em uma partida de sua carreira: 61 contra o Charlotte Bobcats.

Já classificado aos playoffs, o Miami é o vice-líder da Conferência Leste, com 46 vitórias em 66 confrontos. O Cleveland, por sua vez, é o décimo colocado, com 26 vitórias somente em 68 apresentações.