icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2014
15:09

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras até o fim do ano e candidato a reeleição, não pretende reformular o elenco que está na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro. Ele pretende se desfazer de alguns jogadores e contratar outros, mas avisa que a "coluna vertebral" está pronta.

- A ideia para 2015 é ter um elenco mais enxuto, tirando mais jogadores do que serão contratados. Mas a coluna vertebral está aí - disse o mandatário, em entrevista ao Sportv, nesta terça-feira.

A ideia da diretoria era ter dispensado atletas logo depois da queda do técnico Ricardo Gareca, quando a equipe se encontrava na zona de rebaixamento do Brasileirão. O técnico Dorival Júnior não gostou da ideia e vetou a "lista", atitude que foi muito bem recebida pelos jogadores.

- Eu vejo um elenco muito brioso, talvez com alguns desequilíbrios, porque passou por dificuldades. Mas é só analisar os jogos contra o Cruzeiro, que é o virtual bicampeão brasileiro: nós empatamos no Mineirão e perdemos no Pacaembu em um jogo que poderia ter sido diferente pelo rendimento da equipe - acrescentou.

Mais uma vez, Nobre exaltou o meia Valdivia. Com contrato até o meio do ano que vem, o chileno tem sido o destaque da equipe e já avisou que deseja renovar seu vínculo, mesmo se for preciso reduzir o salário. A negociação não começou ainda, mas os elogios são constantes de parte a parte.

- O Valdivia é diferenciado. Na minha opinião, hoje é um dos melhores em atividade no Brasil. O Valdivia, do jeito que ele está hoje, me deixa muito satisfeito, acho que ele é uma solução, sempre que está em campo é um espetáculo a parte.