icons.title signature.placeholder Carlos Alberto Vieira
18/06/2014
22:28

Em entrevista coletiva após a goleada da Croácia sobre Camarões, por 4 a 0, na Arena da Amazônia, o técnico Niko Kovac valorizou a força com a qual a seleção está às vésperas da partida decisiva do Grupo A:

- Estamos preparados. Alguns queriam jogar mas faltou oxigênio. Conseguimos realizar o que ensaiamos, tivemos posse de bola, convertemos as oportunidades em gol e a expulsão também ajudou nosso time. Mas agora, este jogo ficou para trás. Não há tempo de comemorar, e sim de trabalhar.

O comandante antevê o jogo com o México como uma "decisão":

- Confio muito na minha equipe. Sabemos a força do Mexico. Será uma final. Uma final que todos na Croacia querem ganhar.

Em seguida, exaltou como presença de Mandzukic em campo fez bem ao elenco croata:

- Disse que qualquer técnico fica feliz em tê-lo. Ele não é apenas um artilheiro. A sua atitude eleva o espírito da equipe. Mario Mandzukic fez dois gols, criou chances e isso mostra a importancia para a equipe..

Kovac não quis ser polêmico ao ser questionado se a presença do atacante faria diferença no duelo de estreia, contra o Brasil;

- Bem, não podemos responder perguntas assim. O que tenho certeza é que com jogadores como Mario seria diferente. Digo que fomos bem contra o Brasil e que a forma como perdemos nos deu muita esperança. Acho que podemos mostrar isso nos próximos dias