icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/06/2014
18:03

A seleção da Nigéria empatou com o Irã na estréia e saiu de campo sendo vaiado pelo público presente. A equipe do treinador Stephen Keshi fica em Campinas até quinta-feira, quando embarca para Cuiabá, local da partida de sábado.

O empate na estréia não agradou ninguém da delegação nigeriana. Depois do volante Obi Mikel lamentar não ter conquistado a vitória, o auxiliar técnico das Super Águias, Valere Huandinou, afirmou que os africanos vão disputar o jogo da vida contra a Bósnia.

- Poderia ter sido muito melhor. Foi muito ruim não conseguir vencer o Irã. Voltamos muito chateados. Os dois próximos jogos do grupo vão ser muito difíceis. Temos que ganhar da Bósnia de qualquer jeito. É o jogo da nossa vida para classificar. Vamos concentrar nessa partida – afirmou Valere.

O auxiliar da Nigéria não garantiu o zagueiro Oboabona na partida. O jogador sofreu uma pancada contra o Irã e deixou o jogo ainda no primeiro tempo. Ele será avaliado pelo departamento médico da seleção africana para saber se vai ter condição de enfrentar a Bósnia.

- Ele está sentindo algumas dores no pé. Não sabemos exatamente qual é gravidade da lesão e nem se ele vai ter condição de jogar os próximos jogos. Temos que aguardar, mas ele quer muito jogar para ajudar a equipe a conseguir a classificação – afirmou.

A Nigéria faz um treino nesta terça-feira no Estádio Brinco de Ouro. A seleção campeã africana fica em Campinas até quinta, quando embarca para Cuiabá. Após a partida contra a seleção da Bósnia, a equipe ainda enfrenta a Argentina, no dia 25, em Porto Alegre.

L!TV:
> Fuleco faz dancinha Kidiaba em pleno Beira-Rio