icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
10:37

Apesar de ter especulado em seu Twitter que gostaria de enfrentar Johny Hendricks, Nick Diaz recusou uma recente proposta do Ultimate e não pretende retornar à organização.

De acordo com o site "MMA Fighting", Dana White ofereceu um contrato para o americano voltar a lutar e enfrentar Hector Lombard mas, na última quarta-feira, Diaz revelou que nem sequer cogitou aceitar a oferta e reforçou que só voltaria ao octógono para disputar o cinturão dos meio-médios.

- Estou aposentado. Nunca considerei voltar a não ser que seja para renegociar meu contrato ou lutar contra Johny Hendricks. Tudo que perguntei foi: "Quanto vou receber?" A última mensagem que recebi dele (Dana) foi com o valor que me pagariam, mas não cogitei lutar por aquela quantia de dinheiro. Não mandei nenhuma resposta, mas isso já significa algo. Não considero lutar contra qualquer outro cara por menos de U$ 500 mil - afirmou o atleta.

Afastado do MMA desde março do ano passado, quando foi derrotado por Georges Saint-Pierre, Nick ressaltou que voltar ao octógono não está em seus planos. Mesmo já tendo realizado 35 lutas em sua carreira, o americano revelou também que nunca gostou de lutar.

- O UFC quer que eu lute. As pessoas querem que eu lute. Mas, eu não quero lutar. Eu não amo lutar. Nunca amei. Isso é loucura. Apanho mais quando venço uma luta do que quando perco. Não vou regredir nesse esporte, principalmente quanto ao pagamento. Prefiro trabalhar no Wall-Mart. Já tenho dinheiro suficiente para comprar uma casa legal. Se eles quiserem renegociar meu contrato, beleza, mas se não, não dou a mínima - completou Diaz.