icons.title signature.placeholder Igor Siqueira e Thiago Correia
02/07/2014
13:40

Diante dos testes feitos no treino por Luiz Felipe Scolari, sacando o atacante Fred do time titular - colocando Henrique como volante e deixando Hulk e Neymar soltos na frente -, o camisa 10 brasileiro foi indagado sobre uma possível mudança de esquema na Seleção Brasileira no jogo contra a Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Neymar não vê muito problema em não ter ao lado um centroavante mais fixo e ficar com a responsabilidade de ficar mais centralizado na frente. 

- Eu me encaixo em qualquer formação. A gente tem um excelente treinador para isso. Ele que resolve as escalações, o jeito que a equipe vai jogar. Nós temos que obedecer e fazer de tudo para vencer. Eu não tenho como dar essa resposta, time com ou sem centroavante, temos que jogar futebol - garantiu Neymar, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis.

Ainda sobre o desempenho do ataque, Neymar reconheceu que a vida de Fred não está fácil nessa Copa, porque as bolas estão chegando pouco ao camisa 9.

- O Fred é um jogador que necessite de bolas, que necessita que deixe na cara do gol, é um centroavante, goleador. A gente tem se cobrado para que fique mais na cara do gol, eu me cobro muito por isso. Quero me dedicar para deixá-lo 50 vezes na cara do gol, que ele vai fazer 51. A gente tenta, às vezes não dá, ele entende, ajuda muito na movimentação - completou.

Com Neymar, o Brasil enfrenta a Colômbia na sexta-feira, em Fortaleza. A delegação deixa Teresópolis nesta quarta-feira, por volta das 14h30.