icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2013
12:21

Ao que parece, o técnico Gerardo Martino já esperava uma longa ausência de Messi. O jogador argentino vai ficar cerca de dois meses longe dos gramados, e segundo Neymar, companheiro do craque no Barcelona, o treinador já até estava experimentando o brasileiro e Fàbregas na função do craque em campo.

- Messi é um camisa 10 artilheiro, que rompe a defesa adversário. Essa função foi encomendada a mim e a Cesc, sempre trabalhando com a hipóteses de uma possível perda de Messi (por lesão) e para que isso acontecesse de forma menos traumática. Ele já tinha problemas musculares, vinha de uma maratona de partidas sem precedentes - disse Neymar em entrevista ao site Revista da Internet, reproduzida pela imprensa espanhola:

- Antes disso, como prevenção, o técnico criou alternativas ofensivas em que eu e Cesc assumimos a responsabilidade, trabalhando com menos improvisações.

Neymar lembrou ainda dá liderança de Messi dentro de campo, e que ele faz isso apenas por estar ali.

- Sua simples presença em campo nos dá tranquilidade, a mim e aos companheiros. As lesões frequentes são previsíveis pelo nível de esforço que ele faz nos últimos anos - encerrou.