icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
17/06/2014
07:15

Neymar foi o primeiro “homem do jogo” da Copa do Mundo, pelos dois gols na estreia sobre a Croácia. Um início e tanto para quem joga pela primeira vez o Mundial e sonha com títulos e recordes. Nesta terça, às 16h, contra o México, o atacante tentará ampliar a artilharia, que já começou pesada. Um só gol representará um feito que já será histórico no Castelão.

Neymar pode superar nesta tarde Ademir de Menezes e Vavá, que balançaram as redes duas vezes em seus dois primeiros jogos numa mesma Copa do Mundo. Chico fez o mesmo em 1950. Todos figuram na lista dos maiores goleadores da Seleção Brasileira em Copas. Preguinho, em 1930, fez três gols nos dois únicos jogos. Parou por aí...

Leônidas da Silva conseguiu marcar quatro vezes em suas duas primeiras aparições. Mas o Diamante Negro precisou de duas Copas seguidas para isso: 1934 e 1938.

Nem monstros brasileiros em Copas, como Ronaldo, Pelé e Romário, largaram tão bem como Neymar. O Fenômeno, por exemplo, passou em branco nas duas primeiras partidas em 1998, antes de se tornar o maior artilheiro da história dos mundiais, com 15 gols. Pelé balançou a rede uma vez nas duas primeiras partidas que fez, ainda com 17 anos, na Copa de 1958.

Neymar repete o discurso de que não se importa com marcas individuais ou recordes. Luiz Felipe Scolari faz questão de dizer que isso é consequência. Se o Brasil for campeão com o camisa 10 brilhando, será inevitável que ele passe a “concorrer” com grandes nomes da Seleção na história das Copas.

O retrospecto do craque em competições da Fifa já impressiona. Com quatro gols na Copa das Confederações de 2013, ele foi eleito o “homem do jogo” em quatro partidas (só não foi na semifinal) e foi considerado o melhor do torneio.

NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES-2013

1o GOL
Em 15 de junho do ano passado, Neymar abriu o placar com chute de fora da área no ângulo esquerdo. Brasil venceu por 3 a 0 e ele foi o melhor em campo.

2o GOL
Em 19 de junho, Neymar abriu o placar logo aos 8 minutos contra o México: pegou de primeira bola espirrada, de dentro da área. Foi o melhor do time na vitória por 2 a 0.

3o GOL
No último jogo da fase, ele cobrou falta com precisão contra a Itália. Vitória do Brasil por 4 a 2 e mais uma vez prêmio de melhor em campo para o camisa 10.

4o GOL
Neymar fez o segundo gol do Brasil no massacre contra a Espanha: um belo chute forte da entrada da área. O Brasil venceu por 3 a 0 e foi campeão da Copa das Confederações.

NA COPA-2014

1o gol
Jogo estava complicado contra a Croácia, que vencia por 1 a 0, quando Neymar recebeu de Oscar, avançou pela intermediária e bateu de esquerda, fraco, no canto esquerdo do goleiro: 1 a 1.

2o gol
A arbitragem inventou pênalti em Fred. Neymar não teve nada a ver com isso e cobrou no canto esquerdo: o goleiro tocou na bola, mas não evitou a virada.

3o gol?
Atacante tem o México outra vez pela frente nesta terça, como aconteceu há quase um ano...