icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2013
20:14

Passados pouco mais de um mês, a espera do torcedor atleticano chegou ao fim. Terminada a Copa das Confederações e já com a volta dos torneios nacionais e continentais, o Atlético-MG, enfim, fará sua primeira partida das semifinais da Copa Libertadores 2013. O duelo contra o Newell’s Old Boys é o mais aguardado pela Massa alvinegra em toda sua história. Para sair de Rosário com um resultado positivo, o Galo terá que superar perdas, desfalques e uma torcida pra lá de fanática.

MOTIVAÇÃO LÁ EM CIMA

De acordo com o site oficial do Newell’s, os ingressos já estão esgotados para o confronto com o Atlético-MG, no estádio Marcelo Bielsa. Dos 42 mil lugares disponíveis, 2,2 mil serão destinados aos atleticanos. O restante será todo para os rubro-negros, que prometem grande festa e apoio incondicional aos Leprosos.

Às vésperas da partida, o torcedor do Newell’s ainda teve todos os motivos para comemorar a proximidade da partida. A diretoria do clube conseguiu resolver os embróglios de todos os jogadores em situação contratuais indefinidas. Isso significa que o atacante Scocco, os defensores Heinze e Vergini, e o meia Orzán, antes ameaçados de não jogarem, já renovaram seus respectivos contratos e vão para o jogo. Nem mesmo a derrota para o Vélez na Supercopa da Argentina diminuiu os ânimos dos argentinos.

- Há bastante tranquilidade. Eu gostei da versão do time que ví, mesmo que fique o sabor da derrota. Nem sempre se pode ganhar, mas mostramos um futebol habitual – falou Tata Martino, treinador do NOB, após o jogo do último sábado.

PARA SUPRIR AS PERDAS, A PALAVRA É UNIÃO

No lado do Galo, o pensamento é de voltar para BH com o resultado positivo. Se não der com a vitória, ao menos um empate e de preferência com gols. Apesar de estar sem a zaga titular e Leandro Donizete, os jogadores esperam que a união do grupo prevaleça para superar os desfalques e deixar a Argentina com um bom resultado.

- Depois de perder vários jogadores, é o momento de se juntar, saber a importância do momento, do jogo para a gente e a história do clube. O momento é este mesmo, de superação e vontade – disse Diego Tardelli, artilheiro da competição.

Ao contrário do setor defensivo, Cuca terá todos os jogadores do meio-campo/ataque à disposição. O melhor ataque da Liberta estará completo e pronto para balançar as redes com Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Tardelli e Jô.

FICHA TÉCNICA
NEWELL'S OLD BOYS X ATLÉTICO-MG

Data/Horário: 03/07, 21h50(horário de Brasília).
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza e Sergio Román.
Local: Estádio Marcelo Bielsa

Newell's Old Boys: Guzmán, Cáceres, Vergini, Heize e Casco; Pérez, Mateo (Tonso) e Bernardi; Figueroa, Scocco e Maxi Rodriguéz. Técnico: Gerardo Martino.

Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha, Rafael Marques, Gilberto Silva e Richarlyson. Pierre e Josué. Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Diego Tardelli e Jô. Técnico: Cuca.

Passados pouco mais de um mês, a espera do torcedor atleticano chegou ao fim. Terminada a Copa das Confederações e já com a volta dos torneios nacionais e continentais, o Atlético-MG, enfim, fará sua primeira partida das semifinais da Copa Libertadores 2013. O duelo contra o Newell’s Old Boys é o mais aguardado pela Massa alvinegra em toda sua história. Para sair de Rosário com um resultado positivo, o Galo terá que superar perdas, desfalques e uma torcida pra lá de fanática.

MOTIVAÇÃO LÁ EM CIMA

De acordo com o site oficial do Newell’s, os ingressos já estão esgotados para o confronto com o Atlético-MG, no estádio Marcelo Bielsa. Dos 42 mil lugares disponíveis, 2,2 mil serão destinados aos atleticanos. O restante será todo para os rubro-negros, que prometem grande festa e apoio incondicional aos Leprosos.

Às vésperas da partida, o torcedor do Newell’s ainda teve todos os motivos para comemorar a proximidade da partida. A diretoria do clube conseguiu resolver os embróglios de todos os jogadores em situação contratuais indefinidas. Isso significa que o atacante Scocco, os defensores Heinze e Vergini, e o meia Orzán, antes ameaçados de não jogarem, já renovaram seus respectivos contratos e vão para o jogo. Nem mesmo a derrota para o Vélez na Supercopa da Argentina diminuiu os ânimos dos argentinos.

- Há bastante tranquilidade. Eu gostei da versão do time que ví, mesmo que fique o sabor da derrota. Nem sempre se pode ganhar, mas mostramos um futebol habitual – falou Tata Martino, treinador do NOB, após o jogo do último sábado.

PARA SUPRIR AS PERDAS, A PALAVRA É UNIÃO

No lado do Galo, o pensamento é de voltar para BH com o resultado positivo. Se não der com a vitória, ao menos um empate e de preferência com gols. Apesar de estar sem a zaga titular e Leandro Donizete, os jogadores esperam que a união do grupo prevaleça para superar os desfalques e deixar a Argentina com um bom resultado.

- Depois de perder vários jogadores, é o momento de se juntar, saber a importância do momento, do jogo para a gente e a história do clube. O momento é este mesmo, de superação e vontade – disse Diego Tardelli, artilheiro da competição.

Ao contrário do setor defensivo, Cuca terá todos os jogadores do meio-campo/ataque à disposição. O melhor ataque da Liberta estará completo e pronto para balançar as redes com Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Tardelli e Jô.

FICHA TÉCNICA
NEWELL'S OLD BOYS X ATLÉTICO-MG

Data/Horário: 03/07, 21h50(horário de Brasília).
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza e Sergio Román.
Local: Estádio Marcelo Bielsa

Newell's Old Boys: Guzmán, Cáceres, Vergini, Heize e Casco; Pérez, Mateo (Tonso) e Bernardi; Figueroa, Scocco e Maxi Rodriguéz. Técnico: Gerardo Martino.

Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha, Rafael Marques, Gilberto Silva e Richarlyson. Pierre e Josué. Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Diego Tardelli e Jô. Técnico: Cuca.