icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
23/12/2013
11:34

Um dos primeiros grandes nomes do Ultimate a "prever" a vitória de Chris Weidman contra Anderson Silva no UFC 162, em julho passado, Georges Saint Pierre afirmou três meses antes do primeiro confronto que "as pessoas ficariam chocadas" com o triunfo de seu amigo e companheiro de treinos diante do brasileiro. E o canadense acertou. Meses depois, em entrevista ao LANCE!Net, o agora ex-campeão meio-médio da organização comentou o segundo confronto e analisou a diferença do primeiro para o segundo duelo entre os rivais. Para o UFC 168, que acontece neste sábado, em Las Vegas, o palpite é menos confiante.

Segundo St Pierre, a tarefa de Weidman será "muito mais difícil" no reencontro com Spider dentro do octógono. O canadense acredita que Anderson segue sendo o melhor lutador de MMA do mundo na atualidade e que, caso Chris cometa um erro, o ex-campeão tirará proveito e se tornará campeão novamente dos médios. O atleta ainda confessou que se arrependeu de ter palpitado na primeira disputa.

- Não espero a mesma luta. Sabe, treino com Chris Weidman... Eu estava falando sobre o que eu pensava sobre aquela primeira luta. Não deveria ter me envolvido assim com aquela luta. Mas acho que Chris Weidman é um lutador incrível. Mesmo assim, acredito que Anderson Silva é o melhor lutador do mundo agora. Acho que ele cometeu um erro e Chris capitalizou isso. Mas acho que a revanche será muito mais difícil para Chris. Acredito nele, sou seu amigo, e eu ainda acredito que ele vá vencer. Mas acho que agora será mais difícil. Será uma luta dura. Bastará um erro de Chris para Anderson vencer. Weidman não poderá cometer nenhum erro, senão perderá - avaliou St Pierre, em conversa por telefone com o L!Net.

Apesar da "previsão" de que Chris Weidman bateria Spider no primeiro encontro, Georges revelou que ficou surpreso com o desfecho do combate. O canadense esperava, sim, um triunfo de seu amigo. Mas com uma vitória conquistada no jogo de chão. E para quem pensa que o atleta foi só felicidade com o resultado de seu companheiro, St Pierre lamentou a queda de Anderson Silva.

Chris Weidman chocou o mundo ao nocautear Anderson Silva (FOTO: Getty Images)

- Fiquei surpreso. É verdade, achei que Chris Weidman venceria mesmo, mas achei que seria no chão. Não imaginei que aconteceria em pé. Eu sei que ele tem poder para isso, mas ninguém poderia esperar aquilo. Fiquei feliz pelo Chris, mas confesso que fiquei triste por Anderson. É difícil ver um lutador como ele caindo daquele jeito. Quando você se torna campeão, ganha amigos, tudo, pensa na família, compra uma casa... Fiquei feliz pelo meu amigo, ele tem uma história inspiradora. Mas essa segunda luta será um combate ainda mais duro, pois Anderson sabe que Chris tem um poder - declarou.

Ainda sobre o primeiro confronto, Georges afirmou que viu Anderson Silva na mesma situação em que se encontrou há seis anos, quando foi derrotado por Matt Serra no UFC 69, em abril de 2007.

- Para falar a verdade, senti naquela luta que talvez Anderson se sentiu como eu me senti quando enfrentei Matt Serra e perdi. Eu esperava um cara que se desempenha mais seu jogo no chão, mas ele me bateu com o jogo em pé. Acho que o Anderson cometeu o mesmo erro que eu quando enfretei Matt Serra. Mas a segunda luta será bem mais difícil para Chris - concluiu.

Além da esperada revanche entre Chris Weidman e Anderson Silva valendo o cinturão dos médios, o UFC 168 ainda contará com o reencontro de Ronda Rousey e Miesha Tate, pelo título peso-galo feminino. O evento será transmitido ao vivo pelo canal Combate, a partir das 21h30.

Confira as lutas do show:
Card principal
Chris Weidman x Anderson Silva
Ronda Rousey x Miesha Tate
Josh Barnett x Travis Browne
Jim Miller x Fabrício Morango
Dustin Poirier x Diego Brandão
Card preliminar
Chris Leben x Uriah Hall
Gleison Tibau x Michael Johnson
Dennis Siver x Manny Gamburyan
John Howard x Siyar Bahadurzada
William Patolino x Bobby Voelker
Robbie Peralta x Estevan Payan