icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2013
16:18

Assim como na partida contra o Atlético-GO, o Cruzeiro quer impor o fator casa para derrotar mais um visitante no Mineirão. Desta vez, é o Náutico que vai a Belo Horizonte. Semelhante ao time goiano, o Timbu também não se encontra na mesma situação da Raposa, já que é, atualmente, o lanterna do Brasileirão. Apesar da visível inferioridade técnica do adversários, os atletas estrelados dão a dica para fazer mais um bom jogo e não ser surpreendido dentro de casa.

- Eles vão tentar dificultar ao máximo o nosso ataque, temos que ter muita movimentação e marcar pressão. Dar uma ´blitz’ nos primeiros 20 minutos para ver se conseguimos já encaixar um gol, que pode deixar o jogo mais fácil - falou o meia Everton Ribeiro.

MAIS:
> Marcelo Oliveira acena com Goulart no meio campo celeste
> Nome de Martinuccio sai no BID e atleta pode ser relacionado

Autor de um gol diante do Atlético-GO, na última quarta-feira, e de outros sete ao longo do ano, Everton elogia a boa volta do Cruzeiro após a pausa no Brasleiro, mas ressalta que o crescimento coletivo não pode parar.

- Tem que evoluir cada vez mais, cada jogo tentar acertar ao máximo e errar menos possível para a gente chegar ao final do ano brigando pelo título. A evolução tem que ser constante, não podemos oscilar muito. O Cruzeiro é um time grande, temos que tentar sempre manter um alto nível e vamos buscar isso no próximo jogo - completou o jogador.

Cruzeiro e Náutico fazem um jogo de opostos neste domingo, às 18h30, no Mineirão. Enquanto o time mineiro luta para voltar ao G-4 ou até mesmo alcançar a vice liderança, o Timbu sonha apenas em deixar a lanterna e a zona da degola do Brasileirão.

Assim como na partida contra o Atlético-GO, o Cruzeiro quer impor o fator casa para derrotar mais um visitante no Mineirão. Desta vez, é o Náutico que vai a Belo Horizonte. Semelhante ao time goiano, o Timbu também não se encontra na mesma situação da Raposa, já que é, atualmente, o lanterna do Brasileirão. Apesar da visível inferioridade técnica do adversários, os atletas estrelados dão a dica para fazer mais um bom jogo e não ser surpreendido dentro de casa.

- Eles vão tentar dificultar ao máximo o nosso ataque, temos que ter muita movimentação e marcar pressão. Dar uma ´blitz’ nos primeiros 20 minutos para ver se conseguimos já encaixar um gol, que pode deixar o jogo mais fácil - falou o meia Everton Ribeiro.

MAIS:
> Marcelo Oliveira acena com Goulart no meio campo celeste
> Nome de Martinuccio sai no BID e atleta pode ser relacionado

Autor de um gol diante do Atlético-GO, na última quarta-feira, e de outros sete ao longo do ano, Everton elogia a boa volta do Cruzeiro após a pausa no Brasleiro, mas ressalta que o crescimento coletivo não pode parar.

- Tem que evoluir cada vez mais, cada jogo tentar acertar ao máximo e errar menos possível para a gente chegar ao final do ano brigando pelo título. A evolução tem que ser constante, não podemos oscilar muito. O Cruzeiro é um time grande, temos que tentar sempre manter um alto nível e vamos buscar isso no próximo jogo - completou o jogador.

Cruzeiro e Náutico fazem um jogo de opostos neste domingo, às 18h30, no Mineirão. Enquanto o time mineiro luta para voltar ao G-4 ou até mesmo alcançar a vice liderança, o Timbu sonha apenas em deixar a lanterna e a zona da degola do Brasileirão.