icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/12/2013
18:59

O jogo da última sexta-feira em que o Al-Gharafa empatou por 2 a 2 com o Al-Kharitiyat, pela 11ª rodada do Campeonato do Qatar, vai ficar marcado na memória e no corpo do meia-atacante Nenê. Vítima de uma brincadeira inconsequente de um companheiro de equipe e de uma entrada violenta de um zagueiro adversário, o camisa 10 do time comandado pelo técnico Zico levou três pontos na cabeça e outros quatro no pé esquerdo.

O sofrimento de Nenê teve início antes mesmo de a partida começar. Durante o aquecimento, um companheiro de equipe arremessou uma garrafa de água na direção do brasileiro e o chamou.

- Estávamos em uma rodinha de bobinho e, de repente, ele atirou com força e eu só tive tempo de desviar o rosto. Mas a tampa, que é a parte mais dura da garrafa, pegou com tudo na cabeça e começou a sangrar na hora - detalhou o brasileiro.

Mesmo entrando em campo com a cabeça enfaixada após atendimento dos médicos do Al-Gharafa, o ex-jogador do Paris Saint-Germain, Santos, Palmeiras e Paulista de Jundiaí não acredita que o “fogo amigo” foi proposital.

- Esse cara é gente boa, mas gosta de fazer essas brincadeiras mais brutas. É da cultura do pessoal daqui. Tenho certeza que ele não queria me machucar, mas levou uma bronca do Zico e da diretoria e acho que nunca mais vai fazer algo parecido - acrescentou.

ENTRADA DESLEAL

Se Nenê não questiona as intenções do companheiro, o mesmo não acontece com um defensor do Al-Kharitiyat, que em um lance no primeiro tempo tentou desarmá-lo quando estava com a bola dominada e deu uma entrada dura, que resultou em um corte profundo no pé esquerdo.

- Eu fui chutar e ele veio solando com tudo. As travas da chuteira rasgaram a meia e provocaram um ferimento sério, que impressionou até o médico que me atendeu. Mesmo com muita dor, consegui jogar até o intervalo, mas não seu pra voltar pro segundo tempo - disse o meia.

Mesmo após uma partida tão conturbada, Nenê não perdeu o bom humor.

- Falei com minha esposa que o jogo me valeu oito pontos. Foram três na cabeça, quatro no pé e mais o que ganhamos pelo empate - brincou o camisa 10 que, devido às contusões, é duvida para o jogo da próxima terça-feira com o Al-Arabi.

JOGO BENEFICENTE COM LUCAS E FALCÃO EM JUNDIAÍ

Aproveitando o período de folga que terá no final do ano, Nenê irá promover no próximo dia 23 um jogo beneficente em Jundiaí, sua cidade natal. O evento será realizado às 20h30 no Estádio Jayme Cintra, do Paulista, clube em que iniciou sua carreira.

- Essa é a quarta vez que faço esse evento em Jundiaí e o objetivo é reunir amigos e arrecadar alimentos que serão doados ao Fundo Social da cidade. Neste ano, entre os principais nomes confirmados, estão o Lucas (PSG), o Falcão (seleção de futsal), o Felipe Massa (piloto da Williams) e também artistas, como o pessoal da Turma da Pagode e o Gabriel o Pensador. Será uma festa bem bacana e espero que muita gente compareça ao Jayme Cintra”, convida o craque solidário do Al-Gharafa.