icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
19:00

Se o Santos confirmar o favoritismo e derrotar o Ituano nas finais do Campeonato Paulista, Corinthians, São Paulo e Palmeiras podem ver a pressão aumentar após eliminações precoces no torneio estadual. Porém, para Rodrigo Caio, zagueiro do Tricolor, uma zebra da decisão não será capaz de amenizar os problemas do Trio de Ferro no restante da temporada.

- A pressão sempre vai ter. A gente está em um time grande, temos tudo dentro do CT da Barra Funda, estrutura grande, é obrigado a entrar para ganhar. No meu pensamento, o Santos está merecidamente na final, foi o time que mais convenceu em todo o campeonato, mas é claro que o Ituano tem condições de ganhar - opinou o defensor.

Os fracassos, ao menos, podem servir de alerta para os grandes da capital não entrarem com soberba diante de adversários inferiores. Segundo Rodrigo Caio, o peso da camisa e a história dos clubes não têm feito mais diferença no futebol, abrindo espaço para zebras como Penapolense e Ituano no Paulistão.

- O Campeonato Paulista foi muito difícil, o que deixa os times grandes em alerta para o Campeonato Brasileiro. Não tem mais essa de time maior que o outro, camisa pesada. O negócio é dentro de campo, quem se doa mais. Foi para os grandes aprenderem que no campo são 11 jogadores contra 11 - disse o jovem são-paulino.