icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
27/12/2013
06:01

Uma situação que parecia irreversível e fadada a uma despedida sofreu reviravolta. Neilton, que tem contrato com o Santos até maio e que já vinha analisando outras propostas, resolveu trocar de empresário e reiniciar as conversas com o clube, com o objetivo de estender o vínculo vigente.

– Gosto do Santos e quero ficar – disse ele ao LANCE!Net, por telefone.

Roberto Almeida, que trabalhou com o jogador nos últimos seis anos, saiu de cena em novembro após uma decisão familiar. Assediado por vários empresários, o atacante de 19 anos assinou com Hamílton Bernard na última semana, profissional que já trabalhou com Ricardo Oliveira e Emerson Sheik, entre outros jogadores.

Na última segunda-feira, dia 23, o agente sentou à mesa com um membro da diretoria alvinegra e retomou as negociações. Em julho, o jogador havia recusado uma primeira proposta de R$ 20 mil de salário por considerá-lo baixo. O Peixe topou aumentar em R$ 5 mil, mas o antigo agente recuou de novo. Presidente em exercício, Odílio Rodrigues disse que os ganhos se adequavam aos atletas da idade dele e se mostrou irredutível em aumentar o número.

Agora, uma nova conversa será marcada entre as partes e a tendência é que o jogador se adeque ao valor que for oferecido. De olho na Seleção Brasileira, um novo projeto foi apresentado ao atleta pelo empresário:

– Não tratamos de valores ainda. Quero primeiro saber se há o interesse do novo técnico (Oswaldo de Oliveira) em usá-lo. Nós temos propostas do exterior, mas ele quer ficar no Brasil. Vamos focar nas Olimpíadas, pensando em transferência só para depois de 2016 – disse Bernard.

Enquanto espera, Neilton se preparara para a Copa São Paulo.

BATE-BOLA COM NEILTON
‘Não pedi R$ 100 mil. Eu não sou um mercenário’

É verdade que trocou de empresário? Por qual motivo?
É verdade, mas não posso falar o nome. Conversei com a minha família e resolvemos trocar. Eu estou tomando a frente das coisas.

Nota da Redação: Depois de entrevistar Neilton por telefone, a reportagem descobriu que se tratava de Hamílton Bernard.

Agora tem mais chance de ficar?
Vamos conversar com o Santos, espero que dê tudo certo, que eu tenha mais chances de ficar mesmo.

O objetivo é renovar ou sair?
Sempre falei que quero ficar, em todas as entrevistas sempre deixo claro que gosto do Santos. Sempre falo e sempre vou falar. Quero ficar, mas se não der certo espero ter as portas abertas, porque é um clube que gosto muito, que sempre me acolheu no futebol. Torço para que dê certo. Se Deus quiser, vai dar.

Com o Roberto Almeida você não via chances de renovação?
Não é isso, o Roberto foi um cara sensacional, fora de série comigo.

Nota da Redação: O agente não atendeu o LANCE!net.

Aquela história de que você queria um salário de R$ 100 mil...
É tudo coisa falsa, não sei de onde surgiu. Quero deixar bem claro para a torcida que não pedi isso. Eu não sou um jogador mercenário.