icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
15:56

O segundo jogo da série oitavas de final dos playoffs do NBB, entre São José e Palmeiras, terminou em confusão no Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos. Jogadores do Verdão se desentenderam com a torcida local e se dirigiram às arquibancadas, dando início a ao problema que só terminaria com a presença da Polícia Militar.

O Palmeiras/Meltex divulgou uma nota oficial explicando que a confusão começou após torcedores no Lineu de Moura atirarem objetos e cuspirem no armador argentino Maxi Stanic, do Verdão. Os companheiros foram defender Maxi e o pivô Átila chegou a trocar socos com um torcedor.

O clube do Palestra Itália também informou que um cone de trânsito foi atirado em atletas alviverdes. Além disso, comunicou que os palmeirenses não agrediram em nenhum momento mulheres ou crianças e apenas se defenderam da violência dos torcedores locais.

A partida terminou com vitória do São José por 80 a 70. O Palmeiras também havia perdido o primeiro jogo da série, que agora parte para dois jogos em São Paulo. Com mais uma vitória, os joseenses avançam às quartas de final.

A Liga Nacional de Basquete (LNB), que organiza o campeonato nacional, recebeu o relatório do delegado da partida e já encaminhou para a comissão disciplinar avaliar.

Partida no Ginásio Lineu de Moura terminou em confusão na arquibancada (Foto: Reprodução)