icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
15:33

Competição que mexe com a paixão dos torcedores, a Copa Libertadores conta com três clubes brasileiros na sua fase mata-mata. Atlético-MG, Cruzeiro e Grêmio se mantêm vivos na luta pelo título mais cobiçado do continente. Se dentro de campo as equipes corresponderam, fora dele a torcida compareceu em peso e mostrou por que os fanáticos pelo trio estão entre os principais no ranking de sócios-torcedores.

Juntas, as três equipes equivalem a mais de 20% do total de associados no país, de acordo com os números do Torcedômetro. Integrantes do Movimento por um Futebol Melhor, Grêmio (2º colocado), Cruzeiro (4º) e Atlético-MG (8º) aparecem com mais de 160 mil sócios. A paixão se reflete nos números e a cada dia mais torcedores se associam aos seus clubes.

Além dos descontos em centenas de produtos e serviços, os torcedores têm mais praticidade e conforto na aquisição de ingressos. Com isso, o show de vibração e torcida nos estádios embeleza o espetáculo. Até agora, o trio está invicto em casa.

Em pouco mais de um ano, mais de R$ 100 milhões foram gerados em receita adicional para os clubes. As empresas concederam R$ 25 milhões em descontos, com média mensal de R$ 30 para cada associado. A partir deste mês, os torcedores podem comemorar ainda mais. Com a promoção “Sócio-Torcedor Sempre Ganha”, os sócios concorrem a um carro 0km, vales-compra, vales-combustível, geladeiras estilizadas e pares ingressos para jogos da Copa do Mundo (oferecidos pela Brahma).

Neste sábado, os cruzeirenses ganham ainda uma nova maneira de ajudar o seu time do coração. Por apenas R$ 12 por mês, os celestes podem adquirir um cartão pré-pago e aproveitar os benefícios do Movimento por um Futebol Melhor. Para conferir o projeto, acesse o site.

Na próxima fase, o Atlético-MG encara o Atlético Nacional (COL), enquanto o Cruzeiro enfrenta Cerro Porteño (PAR). Já o Grêmio disputa uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores diante do San Lorenzo (ARG).

SOBRE O MOVIMENTO

Ação pioneira no mundo, o Movimento por um Futebol Melhor foi criado em janeiro de 2013. Em um ano, o número de clubes participantes no programa pulou de 15 para 48. São mais de 700 mil torcedores associados no projeto que já se tornou referência nacional.