icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2013
10:20

Bruno Soares e Alexander Peya pecaram no saque nesta segunda-feira e acabaram eliminados de Wimbledon. A dupla do brasileiro com o austríaco perdeu para a parceria do francês Edouard Roger-Vasselin com o indiano Rohan Bopanna, pelas oitavas de final do torneio.

A partida durou mais de duas horas e foi definida em quatro sets. Vasselin e Bopanna fizeram 3 sets a 1, com parciais de 6-4, 4-6, 7-6 (7-5) e 6-2.

O fator que desequilibrou o duelo foi o saque. Soares e Peya cometeram nove duplas faltas, contra quatro dos rivais. Eles ainda sofreram incríveis 18 aces e aplicaram apenas seis.

Com o resultado, Bruno Soares e Alexander Peya deram adeus ao terceiro Grand Slam do ano. Nos dois Majors anteriores, também não obtiveram sucesso. No Australian Open, em janeiro, foram eliminados nas primeiras rodadas e em Roland Garros, em junho, caíram nas semifinais.

Este ano, a dupla do brazuca já foi campeã do ATP 500 de Barcelona, do ATP 250 de São Paulo e do ATP 250 de Eastbourne. A dupla agora vai tentar um melhor desempenho no último Slam do ano, o US Open.

Já Roger-Vasselin e Bopanna vão duelar com a dupla do suéco Robert Lindstedt e do canadense Daniel Nestor nas quartas de final em Londres.  

Bruno Soares e Alexander Peya pecaram no saque nesta segunda-feira e acabaram eliminados de Wimbledon. A dupla do brasileiro com o austríaco perdeu para a parceria do francês Edouard Roger-Vasselin com o indiano Rohan Bopanna, pelas oitavas de final do torneio.

A partida durou mais de duas horas e foi definida em quatro sets. Vasselin e Bopanna fizeram 3 sets a 1, com parciais de 6-4, 4-6, 7-6 (7-5) e 6-2.

O fator que desequilibrou o duelo foi o saque. Soares e Peya cometeram nove duplas faltas, contra quatro dos rivais. Eles ainda sofreram incríveis 18 aces e aplicaram apenas seis.

Com o resultado, Bruno Soares e Alexander Peya deram adeus ao terceiro Grand Slam do ano. Nos dois Majors anteriores, também não obtiveram sucesso. No Australian Open, em janeiro, foram eliminados nas primeiras rodadas e em Roland Garros, em junho, caíram nas semifinais.

Este ano, a dupla do brazuca já foi campeã do ATP 500 de Barcelona, do ATP 250 de São Paulo e do ATP 250 de Eastbourne. A dupla agora vai tentar um melhor desempenho no último Slam do ano, o US Open.

Já Roger-Vasselin e Bopanna vão duelar com a dupla do suéco Robert Lindstedt e do canadense Daniel Nestor nas quartas de final em Londres.