icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/12/2013
21:25

As despedidas de Alessandro, agora aposentado, e Tite, encerrando sua passagem pelo clube após pouco mais de três anos, terminou com um gosto amargo. Neste sábado, na Arena Pernambuco, o Corinthians visitou o já rebaixado lanterna Náutico e acabou derrotado por 1 a 0, com gol de Derley na etapa final, no último jogo das equipes no Campeonato Brasileiro deste ano. A partida significou a volta de Zizao aos campos depois de dez meses encostado, e fez com que o Timbu não terminasse com a pior campanha da história dos pontos corridos.

No confronto dos dois piores ataques da competição, a noite começou com festa para Tite, que termina este vitorioso ciclo como técnico do Timão com cinco títulos: Paulista, Brasileirão, Recopa Sul-Americana, Libertadores e Mundial de Clubes. Com a bola rolando, o Alvinegro até começou com vontade, mas teve dificuldades para chegar com perigo à meta de Ricardo Berna - na melhor chance, Pato cabeceou sozinho para fora. Resultado: os dois times foram para o intervalo empatando por 0 a 0.

O resultado, tão repetido pelo Corinthians no Brasileiro, poderia fazer o time chegar à 18ª igualdade na competição, recorde (negativo) nos pontos corridos. Derley, porém, não deixou isto acontecer: aos seis minutos da etapa final, Morales cruzou rasteiro da direita e o volante chegou com incrível liberdade dentro da área para desviar e abrir o placar em Pernambuco.

Ricardo Berna, goleiro do Timbu, foi expulso no segundo tempo após ser advertido por demorar para recolocar a bola em jogo e pouco depois aplaudir ironicamente a decisão do árbitro - o que lhe rendeu o segundo amarelo e o consequente vermelho. Zizao, que participou dos três primeiros jogos do ano e depois não foi mais usado, entrou neste sábado após dez meses encostado. Porém, com o chinês, o Timão não conseguiu marcar. Fim de temporada de forma melancólica para o Corinthians, que encerra a campanha com 50 pontos em 38 jogos, por enquanto na décima colocação.

O Náutico, por sua vez, chegou aos 20 pontos e terminou o Brasileiro na lanterna. "Garantido" na Série B de 2014, o time pernambucano se livrou da pior campanha da história dos pontos corridos: esta segue com o América-RN, que em 2007 somou só 17 pontos. Depois de um fim de ano decepcionante, que venha a próxima temporada aos dois clubes

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1 X 0 CORINTHIANS

Estádio: Arena Itaipava, em Recife (PE)
Data/hora: 7/12/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Eberval Lodetti (SC) e Gean Carlos Menezes (RR)
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Alison e Ricardo Berna (NAU); Nenhum (COR)
Cartão vermelho: Ricardo Berna (25'2ºT)
Gols: Derley, 6'/2ºT (1-0)

NÁUTICO: Ricardo Berna; Auremir, Alison, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Gustavo Henrique e Tiago Real (Túlio - 9'/1ºT) (Dadá - 20'/2ºT); Maikon Leite e Morales (Gideão - 27'2ºT). Técnico: Marcelo Martelotte.

CORINTHIANS: Danilo Fernandes, Edenilson (Zizao - 30'2ºT), Cléber, Felipe, Alessandro; Ralf (Ibson - 14'2ºT), Guilherme, Rodriguinho, Danilo (Diego Macedo - 20'/2ºT); Romarinho e Pato. Técnico: Tite.