icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
10/11/2013
14:00

Pela segunda vez em sua carreira, Rafael Nadal está na decisão das Finais da ATP de Londres (ING). Na tarde deste domingo, na Arena O2. o líder do ranking mundial bateu o freguês Roger Federer (7º) por 2 sets a 0 (7-5 e 6-3) na semifinal, em apenas 1h19.

Apesar de ser a 22ª vitória de Nadal sobre o suíço em 22 duelos, esta foi a primeira em quadra rápida indoor e a primeira em cinco duelos que haviam feito nas Finais da ATP.

Com o triunfo, o espanhol fica a uma vitória de garantir o único grande título que falta em sua carreira. Seu rival na final desta segunda-feira sairá do embate entre Novak Djokovic (1º) e Stanislas Wawrinlka (8º), que ocorre às 18h (de Brasília) deste domingo.

Com a elminação consumada, Federer iguala a sua pior temporada desde que começou a ganhar título, em 2001. Naquele ano, ganhou apenas o Torneio de Milão (ITA). Em 2013, a única taça levantada pelo suíço foi a do ATP 250 de Halle (ALE).

O JOGO

Os dois jogadores iniciaram a partida com ótimo aproveitamento no serviço e sem dar chance para o oponente nem ameaçar quebra. Desa forma, rapidamente o placar ficou em 3 a 2 a favor do suíço, que havia iniciado a partida sacando.

No quinto game, Federer desperdiçou uma chance de ouro para quebrar Nadal e abrir dois games de vantagem. O suíço perdeu os três break points a que teve direito.

No nono game, Nadal fez o que o rival não conseguiu fazer. na primeira chance que teve, quebrou Federer e ficou em excelente condição para ganhar o primeiro set, ao fazer 5 a 4.

Mas o espanhol não soube aproveitara vantagem. Com o saque, permitiu que o suíço tivesse dois break points. E desta vez ele não desperdiçou. Ao Nadal mandar a bola para fora, após um golpe de direita, Federer deixou o marcador em 5 a 5.

Mas as quebras foram a tônica no fim do set. E pela segunda vez na parcial, Federer permitiu a Nadal passar adiante. E o número 1 do mundo não vacilou mais daí em diante, fazendo 7 a 5.

No terceiro set, Federer ia administrando bem seu saque até o quinto game. Na primeira oportunidade que Nadal teve de quebra, o suíço jogou uma direita no meio da rede.

A porteira se abriu de vez. No nono game, Nadal conseguiu mais uma quebra após Federer jogar um voleio para fora e decretou a vitória.

O repórter viaja a convite da ATP