icons.title signature.placeholder David Nascimento
11/04/2014
15:56

A eliminação precoce na Copa Libertadores, após derrota para o León, no Maracanã, revoltou os torcedores do Flamengo. Como protesto, o muro da Gávea, sede do Rubro-Negro, amanheceu pichado nesta sexta-feira com a frase "Fora Jayme, ingresso caro, time barato". A pichação ficou por poucas horas no muro, já que no início desta tarde o local já tinha sido pintado pelos funcionários do clube.

Vale lembrar que logo após a partida contra o León, na última quarta-feira, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, garantiu a permanência de Jayme de Almeida como técnico do Rubro-Negro. O dirigente justificou a atitude por querer um trabalho de longo prazo, não questionando os méritos da eliminação na competição sul-americana.

E MAIS!
> Jayme encara maior pressão pelo Flamengo
> Com lesão, Léo desfalca o Flamengo por seis semanas
> Eliminação de Fla na Liberta prejudica orçamento para o ano

L!TV:
> Grande duelo! Os pontos fortes e fracos dos finalistas do Carioca
> Jayme revela o que falou aos jogadores após desclassificação

Outro ponto questionado no protesto, os preços dos ingressos para as partidas do Flamengo tendem a continuar na mesma faixa. Para a final do Campeonato Carioca, contra o Vasco, neste domingo, no Maracanã, a entrada inteira mais barata custa R$ 100. Caso não conquiste o título estadual, a pressão em Jayme de Almeida pode chegar a um ponto insustentável, que pode resultar na queda do comandante.

Jayme espera apoio da torcida para conquistar primeiro estadual