icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
18:33

Camisa 1 do Internacional, titular e já tarimbado no gol do clube, Muriel ainda recebe contestações dos torcedores colorados. Assim como o ano ruim do time, o arqueiro admite que oscilou durante a temporada. Espera a parada após os dois jogos finais para avaliar melhor o rendimento durante 2013.

Durante o ano, ainda com Dunga, Muriel chegou a deixar de ser titular. Seu irmão, Alisson, assumiu o gol em algumas partidas, após sofrer lesão na região do quadril. O camisa 1 voltou após um período de recuperação e retomou o lugar.

- Eu oscilei um pouco. Fiz grandes jogos, mas não dei minha contribuição em outros. Hoje o futebol é nivelado. Um lance pode custar caro. Temos feito grandes jogos. Me cobro muito, tento evoluir a cada jogo, a cada treino. Estou muito focado nestes 2 jogos. Depois vou descansar e ver tudo com mais calma. Conversamos bastante entre os goleiros, com o Pavan, o próprio Clemer. Vou fazer desses dois jogos decisões e ajudar o Inter - explicou Muriel.

Desde que Clemer assumiu, tratou de passar confiança para Muriel. A saída de Dunga também marcou a saída do preparador de goleiros Rogério Maia. Seu auxiliar, Daniel Pavan, assumiu o comando. O novo treinador pediu para que ele pesasse o pé no goleiro.

- Ficamos aquém das nossas expectativas. Estou incluído nisso também. Estamos acostumados a brigar por títulos. O Clemer me passou muita confiança. Conhecia ele há tempos. Foi meu companheiro, treinador de goleiros. Ele me cobra bastante, sabe meu potencial, me passou trabalho e confiança. Estamos trabalhando forte. Temos que deixar para trás o que ocorreu e pensar no Corinthians. Temos condições de fazer um grande jogo - disse o goleiro colorado.