icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/04/2014
18:46

Muricy Ramalho não quer falar de Alan Kardec como reforço do São Paulo, mas não esconde sua admiração pelo atacante, que está deixando o Palmeiras. Neste domingo, após o empate do Tricolor por 1 a 1 com o Cruzeiro, em Uberlândia, o treinador contou detalhes da época em que comandou o centroavante no Santos.

Kardec foi emprestado pelo Benfica em julho de 2011, se firmou como titular ao lado de Neymar no ataque, mas teve de deixar o Peixe na metade de 2012. Contra a vontade de Muricy.

- Não posso falar do Kardec, ele não está aqui, ainda é do Palmeiras. O conheço muito bem, trouxemos para o Santos. Queríamos que ele ficasse após o empréstimo, mas Benfica não quis o negócio. Eles ficaram aborrecidos com a venda do Danilo para o Porto, mas queríamos ele de qualquer jeito - afirmou o técnico.

- Além de ser grande jogador, é de grande caráter, tem um lado intelectual diferenciado, por isso você pode utilizá-lo em outras posições. Jogador inteligente que joga no que o time precisa. Mas isso não quer dizer nada, é jogador do Palmeiras. Mas com certeza é grande jogador - completou Muricy.

A ideia de contratar Alan Kardec partiu justamente do técnico do São Paulo. Em reunião com a diretoria, ele foi perguntado o que precisava para reforçar o time para ganhar o título do Campeonato Brasileiro e indicou a contratação do atacante.