icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
21/06/2014
00:29

Alan Kardec fez sua estreia com a camisa do São Paulo nesta sexta-feira, no empate do Tricolor com o Orlando City por 0 a 0, mas passou em branco. Apesar disso, o técnico Muricy Ramalho elogiou o atacante após a partida nos Estados Unidos, e disse que ele ajudará a equipe quando se entrosar. O comandante destacou ainda que todos os jogadores sentiram a parte física no confronto.

- Ele (Kardec) como todo o time ainda está sentindo muito. O mais importante para nós é jogo. Os treinamentos têm sido fortes, mas é o jogo que faz a temporada. Todos sentiram a parte física. Ele é um jogador muito interessante, inteligente. Na hora que se entrosar, vai ajudar bastante - ressaltou o comandante.

O camisa 14 concordou com Muricy e disse que apenas a parte física o atrapalhou no jogo. Kardec não entrava em campo desde o dia 20 de abril, quando aconteceu a estreia do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, ele foi substituído apenas no fim do segundo tempo, mostrou vontade e carimbou a trave em um lance.

- Fico feliz por ter jogado oitenta minutos sem sentir nada além do cansaço. São dois meses sem jogar. Pela parte fisica tiramos bom proveito. É o começo de um trabalho. Temos evolução pela frente. Tive uma oportunidade de gol não concluída, mas tenho que deixar no passado e saber que coisas boas virão pela frente - disse o jogador.

A possibilidade de um novo amistoso nos Estados Unidos está descartada. Com isso, o São Paulo voltará a jogar apenas no dia 16 de julho, contra o Bahia, pelo Brasileirão. O elenco ficará fora do país até o dia 28 de junho. A excursão foi marcada para os jogadores não perderem o ritmo durante a paralisação do Nacional por conta da Copa do Mundo.