icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/02/2015
19:28

Recuperado na Libertadores, líder absoluto no Paulista, com o artilheiro da competição (Pato) e técnico (Muricy Ramalho) atingindo marca. Tudo conspira a favor do São Paulo no duelo contra o Rio Claro, neste domingo, às 16h, em Rio Claro, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Muricy chegará ao centésimo jogo desde que retornou ao clube, em setembro de 2013. Até então, são 53 vitórias, 21 empates e 25 derrotas. O técnico foi contratado para salvar o time do rebaixamento, conseguiu, mas ainda busca um título para marcar seu retorno.

De olho na sequência da temporada, o treinador resolveu poupar cinco titulares: Rafael Toloi, Dória, Denilson, Ganso e Luis Fabiano. Permanece Alexandre Pato no comando do ataque. Ele é o artilheiro do Estadual com seis gols e vive grande fase: fez dois na última quarta-feira, na goleada de 4 a 0 sobre o Danubio (URU), pela Libertadores.

A seu lado, Pato terá Alan Kardec, com quem tem mantido bom entrosamento. Na zaga, Muricy deve escalar Lucão e Edson Silva, Hudson é favorito para ocupar o lugar de Denilson, enquanto o argentino Centurión deve substituir Ganso.

O São Paulo vai em vantagem, mas terá de lidar com um problema em Rio Claro. A cidade passa por um surto de dengue. Localizada a cerca de 170km da capital, a cidade já registrou mais de mil casos já foram identificados. Um deles pode ser o do volante Lucas Madalosso, que não joga porque apresenta suspeita da doença. Outros três atletas do Galo chegaram a ficar afastados, mas voltaram a treinar. O técnico Buião declarou que o empate está de bom tamanho.

– Será uma partida muito importante para nós. O empate não seria um mau resultado – afirmou.

Por conta do problema da dengue, o departamento médico do São Paulo providenciou repelente para os jogadores usarem durante o jogo.

FICHA TÉCNICA

RIO CLARO X SÃO PAULO

Data/Hora: 1/3/2015, às 16H
Local: Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Vicente Romano e Fausto Augusto Viana

RIO CLARO: Richard; Vinícius Bovi, Gilberto, Pitty e Renan Luis; Nando Carandina, Nenê Bonilha (Carlinhos), Matheus e Guaru; Paulinho e Raphael Macena. Técnico: Buião

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Bruno, Lucão, Edson Silva e Reinaldo; Hudson, Souza, Michel Bastos e Centurión; Pato e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho