icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2014
08:02

Muricy Ramalho já está pensando em 2015. Sem chances de título no Campeonato Brasileiro, já que o Cruzeiro abriu vantagem suficiente e ergueu a taça no último fim de semana, seu time ainda foi eliminado, nesta quarta-feira, nas semifinais da Copa Sul-Americana, pelo Atlecico Nacional de Medellín, da Colômbia. Ainda restam duas partidas para o fim do Brasileirão (contra Figueirense e Sport), mas o Tricolor tem classificação garantida para a Libertadores e esperanças de montar um time que brigue pelo título.

De olho no planejamento para a próxima temporada, o treinador fez uma leve cobrança à diretoria tricolor na primeira entrevista concedida após a eliminação nos pênaltis da Copa Sul-Americana. De acordo com Muricy, o perfil dos reforços já está definido, mas nenhuma conversa tem avançado nas últimas semanas. Isso, portanto, complica a formação do elenco para a disputa do Paulistão, da Libertadores, da Copa do Brasil (a partir das oitavas de final, em caso de eliminação) e do Brasileirão.

- As pessoas acham que pensar nisso (reforços) pode tirar o foco, mas isso não para. Tem que ser três meses antes para conversar. Já falamos, mas ainda não aconteceu nada, e tem de acontecer. Conversei até com o presidente hoje (quarta-feira). Estamos um pouco lentos, temos que apertar um pouco mais. Isso aqui é gigante, não pode ficar assim... se quer o cara, tem de ir pra cima! Já temos o perfil, a base nossa está boa, faltam só poucos jogadores, mas faltam. E para o que a gente quer tem de acelerar um pouco mais - pontuou Muricy Ramalho, ainda no Morumbi.

O primeiro objetivo da diretoria tricolor para 2015 deve ser a contratação de um meia, já que o empréstimo de Kaká do Orlando City (EUA) se encerra em dezembro, e não há chance de renovar. O clube tem vasculhado o mercado internacional atrás de uma peça que possa suprir a ausência do camisa 8 na próxima temporada. Além dessa, outras posições também devem ser reforçadas, mas nomes ainda não são especulados.