icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
21:49

O futebol apresentado pelo São Paulo contra a Chapecoense não foi bom e Muricy Ramalho não diz o contrário. Segundo o treinador, a derrota por 1 a 0 na noite deste sábado, no estádio do Morumbi, foi fruto de uma estratégia defensiva do time de Santa Catarina, que soube aproveitar a bola que teve para matar o jogo. O Tricolor não conseguiu furar a retranca adversária e saiu derrotado de casa.

- Prevíamos a dificuldade pela marcação forte da Chapecoense. Não encaixamos no jogo. Tivemos oportunidades, mas não muito claras. Sempre forçadas. Parecia que ia ficar até amanhã sem fazer o gol. Eles vieram por uma bola e foi isso que aconteceu. Lutaram, correram, mas não articularam como no último jogo. É difícil explicar, não soubemos furar a retranca - apontou Muricy.

O time do São Paulo teve seu meio de campo pouco ativo no jogo. Osvaldo e Ademilson caíram de rendimento em relação ao jogo contra o Bahia. Ganso pouco fez e sobrecarregou Alan Kardec no setor ofensivo. Este fato, somado à forte marcação do Verdão do Sul, contribuiu para a derrota do time paulista.

- É uma coisa natural, eles chegarem fechados aqui no Morumbi, marcaram muito bem. É difícil marcar 90 minutos como marcaram no Morumbi, que tem um dos poucos campos grandes do Brasil. Sobrou pouco espaço, foi mérito do adversário - disse o técnico.