icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/12/2013
21:17

Tricampeão brasileiro no comando do São Paulo entre 2006 e 2008, o técnico Muricy Ramalho não estava acostumado com a situação que viveu em 2013. Neste domingo, o Tricolor foi derrotado por 1 a 0 pelo Coritiba e fechou o Campeonato Brasileiro na nona colocação. Apesar de "medíocre", como disse o goleiro Rogério Ceni, a fuga do rebaixamento é o grande fator de comemoração da temporada.

- Não dá para passar novamente o que se passou nesse ano. Tem de trabalhar duro para a gente errar menos. A gente espera o time brigando por títulos no ano que vem. Tem que ser obrigação do clube montar um time para ganhar títulos, não pode um clube desse tamanho brigar para não cair - disse o treinador, após a partida, no estádio Novelli Júnior.

No último sábado, Muricy renovou contrato com o Tricolor por mais duas temporadas, até o fim de 2015. Encerrada a participação da equipe no Brasileirão e confirmada a fuga do rebaixamento, a equipe se concentra no planejamento para 2014. Para o treinador, é necessário pensar o mais rapidamente possível na montagem do elenco. Apesar disso, demonstra acreditar que os jogadores que defendem o Tricolor atualmente não podem ser apontados como culpados pelo ano sem títulos e sem brilho.

- Em relação à renovação, é natural. Foi muito fácil novamente. E bom, para falar do grupo, não vou falar, não é legal. São profissionais. Temos que acertar na montagem do plantel, se não fizer não tem chance. Fizemos uma temporada muito ruim. Tem de falar do coletivo, temos de melhorar em todos os sentidos. Não pode errar, tem de ser acertar. Sempre se pode errar, mas dessa vez não pode errar nada - concluiu, visivelmente insatisfeito com o trabalho do time em 2013.