icons.title signature.placeholder Caio Carrieri, Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
03/07/2014
16:43

Uma multidão de torcedores ficou à frente da entrada principal do estádio Presidente Vargas na expectativa para acompanhar o treino do Brasil, que não foi aberto, nesta quinta-feira, em Fortaleza (CE). Torcedores levaram cartazes, gritaram e cantaram enquanto à espera da Seleção que irá fazer o único treinamento na capital cearense antes de pegar a Colômbia. Segundo informações da polícia militar, cinco mil pessoas ocupavam o entorno do PV.

A segurança responsável não fez um cordão de isolamento. e os torcedores estavam praticamente próximos ao portão que separa a entrada da rua. Os jornalistas, então,
tiveram de se infiltrar por meio das centenas de pessoas para conseguir chegar ao acesso ao estádio.

A reportagem do L!Net foi parada por um torcedor que pediu para a entrada dele ser facilitada a troco de uma entrevista com Daniel Alves e Neymar.

- Sou amigo deles. Você entra e depois me passa a credencial - disse o torcedor que vestia uma camiseta do Corinthians.

A atividade chegou a parar duas obras em prédios vizinhos aos estádio. Todos os trabalhadores pararam e se posicionaram nas sacadas dos edifícios para ver o Brasil.

A imprensa terá acesso apenas aos primeiros 15 minutos da atividade. O treino não está sendo realizado na Arena Castelão a pedidos da Fifa, que deseja preservar o gramado do estádio.