icons.title signature.placeholder Matheus Babo
16/06/2014
14:51

Considerada uma das favoritas para o título da Copa do Mundo, a Alemanha confirmou as expectativas e estreou no Mundial com uma vitória por 4 a 0 sobre Portugal, gols de Müller (3) e Hummels, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O grande destaque da partida foi o atacante Müller, que marcou duas vezes e ainda provocou a expulsão do luso-brasileiro Pepe, no primeiro tempo.

Agora, os alemães encaram a seleção de Gana na segunda rodada do grupo G, no próximo sábado, às 16h. A partida será realizada no Castelão, em Fortaleza. Enquanto isso, os portugueses jogam sob pressão diante dos Estados Unidos, no domingo, às 19h, na Arena da Amazônia, em Manaus.

Não foi dia de Cristiano Ronaldo na Copa do Mundo (Foto: Fabricce Cofrini/AFP)

ATROPELAMENTO ALEMÃO NO PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa começou com os alemães tomando a iniciativa. O time de Joachim Löw começou no ataque, mas Portugal também criou algumas oportunidades. Enquanto a Alemanha chegava na base da coletividade, os portugueses dependiam da individualidade. Em um lance que o coletivo funcionou, com toques rápido, Götze foi derrubado na área e o árbitro sérvio Milorad Mazic, marcou pênalti. Müller cobrou forte no canto esquerdo e abriu o placar.

E MAIS:
> Chocolate da Alemanha e expulsão de Pepe ganham espaço na Internet
> Confira como foram os lances de Portugal x Alemanha
> Castelão sofre queda de energia um dia antes do jogo do Brasil

O primeiro gol serviu para dar tranquilidade aos germânicos e foi tirando a paciência dos lusos. Com muito superioridade na posse de bola e objetivo, o segundo gol foi questão de tempo. Aos 31, Hummels subiu mais que Pepe na área e cabeceou forte para ampliar. Cinco minutos depois, o luso-brasileiro Pepe se descontrolou, agrediu Müller e foi expulso. O domínio alemão aumentou ainda mais e o mesmo Müller ganhou dividida com Bruno Alves na área para marcar o segundo dele na partida.

Alemanha teve superioridade técnica e numérica durante grande parte do jogo (Foto: Odd Andersen/AFP)

SUPERIORIDADE TÉCNICA E NUMÉRICA PARA ADMINISTRAR RESULTADO

Na volta para o segundo tempo, Portugal até que tentou diminuir a vantagem alemã e tomou a iniciativa. Mas a vontade portuguesa parou na tranquilidade alemã. Com uma vantagem elástica no placar, o time germânico aproveitou o jogador a mais em campo e a superioridade técnica para trabalhar a bola. A troca de passes colocou Portugal na roda, que ainda sofreu com os contra-ataques rápidos puxados por Kroos, Götze e Müller.

Mas foi em um lance com a defesa de Portugal postada que o quarto gol saiu. Após jogada pela esquerda, o goleiro Rui Patrício não segurou e soltou a bola nos pés de Müller, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Com três gols, ele já é o artilheiro isolado da Copa do Mundo. Aos 36, o jogador ainda foi substituído por Podolski para ser ovacionado pelos torcedores. Cristiano Ronaldo ainda tentou o gol de honra para os portugueses no fim, mas Neuer defendeu a bomba do melhor do mundo em cobrança de falta. Vitória inscontestável da Alemanha, que confirmou que vai brigar pelo título.

Pepe estreou na Copa com expulsão infantil e atrapalhou ainda mais Portugal (Foto: Dimitar Dilkoff /AFP

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 4 X 0 PORTUGAL

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data-Hora: 16/6/2014 - 13h
Árbitro: Milorad Mazic (SRB)
Auxiliares: Milovan Ristic (SRB) e Dalibor Djurdjevic (SRB)
Cartões amarelos: João Pereira (POR)
Cartões vermelhos: Pepe 36'/1ºT (POR)
Gols: Müller 10"/1ºT (1-0); Hummels 31"/1ºT (2-0); Müller 45"/2ºT (3-0); Müller 32"/2ºT (4-0)

ALEMANHA: Neuer; Boateng, Mertesacker, Hummels (Mustafi 27'/2ºT) e Howedes; Lahm e Khedira; Özil (Shurrle 17"/2ºT), Kroos e Götze; Müller (Podolski 32'/2ºT) - Técnico: Joachim Löw

PORTUGAL: Rui Patrício; João Pereira, Bruno Alves, Pepe e Coentrão (André Almeida 19"/2ºT); Miguel Veloso (Ricardo Costa - intervalo), Raul Meireles e Moutinho; Nani, Hugo Almeida (Eder 27'/1ºT) e Cristiano Ronaldo - Técnico: Paulo Bento.