icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/02/2015
12:07

Um dos principais motivos para a fase artilheira de Tomas no Boa Esporte, em 2014, era o posicionamento dentro de campo. Na equipe mineira, o meia-atacante jogava bem avançado e com menos obrigações defensivas. Agora, no Botafogo, ele tem funções mais táticas e joga como um apoiador.

Assim, ele fica mais longe do gol adversário e tem menos chances de finalizar, algo que ele fazia com frequência – foi o terceiro jogador com mais finalizações a gol na Série B do ano passado.

– O René dá liberdade para os jogadores de chegar mais à frente. Quando surgir a chance, tentarei fazer o gol – garantiu Tomas.