icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/04/2014
19:21

O gol que colocou o Chelsea na semifinal da Liga dos Campeões da Europa provocou uma reação inusitada no técnico José Mourinho. Enquanto o Stamford Bridge explodia de felicidade, ele deixou o banco de reservas e saiu correndo até os jogadores que celebravam o 2 a 0 sobre o Paris Saint-Germain. Mais calmo, o português explicou o gesto.

E MAIS

HOME: Veja as últimas notícias do futebol internacional
Gol aos 41 minutos do seundo tempo classifica o Chelsea

- Não estava comemorando. Fui comunicá-los que ainda tinha alguns minutos de jogo. Eles queriam celebrar. Tive que ir lá.

Na cena, Mourinho se intromete no bolo de jogadores e começa a conversar com alguns deles, como o atacante Fernando Torres.

Em poucas palavras, Mourinho definiu o triunfo desta terça-feira e fez uma comparação.

- Chelsea teve coragem. Me lembra a equipe de 2004-2005, da minha primeira passagem.