icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
19:31

O técnico do Chelsea, José Mourinho, não poupou ninguém após a derrota por 3 a 1 contra o Paris Saint-Germain, pela ida das quartas de final da Liga dos Campeões, na França. Sobrou para praticamente todo no time, principalmente os defensores e os atacantes. O terceiro gol do PSG então foi alvo de muitas críticas do português.

- A partida estava sob controle quando estava 1 a 1, mas fizemos um gol contra e o terceiro gol foi ridículo. Não foi um descuido, foi ridículo, uma piada. Agora vai ser complicado, mas não impossível, nada é impossível no futebol - disse Mourinho, que explicou suas opções ofensivas:

- Comecei com Schürrle porque não estou contente com as atuações dos atacantes e tenho coisas a provar. Mudei para Torres para ter mais profundidade, a equipe estava cômoda com André e pensei que Fernando daria um pouco mais. Eles têm jogadores que do nada marcam gols, e nós não somos uma equipe cheia de talento que pode marcar um montão de gols.

Mourinho disse ainda que erros individuais que acabaram causando a derrota, e voltou a falar que sua equipe não é tão boa.

- Fizemos o mais difícil muito bem, mas cometemos erros individuais na defesa. Custa muito para marcarmos gols, especialmente em jogos difíceis. E se cometemos erros defensivos, temos problemas - concluiu.