icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
17:17

Há exatos oito anos, o ex-técnico Telê Santana partia para ocupar seu lugar no banco do céu. Na manhã de sexta-feira do dia 21 de abril de 2006, em Belo Horizonte, aos 74 anos, o Mestre Telê faleceu devido a uma falência múltipla dos órgãos.

O ex-treinador conquistou seus mais importantes títulos quando trabalhava no São Paulo. No clube do Morumbi, foi bicampeão do mundo e da Libertadores nos anos de 1992 e 1993. Pelo Tricolor, Telê também levantou as taças da Supercopa Sul-Americana, da Recopa Sul-Americana, do Campeonato Brasileiro e do Campeonato Paulista. Ao todo, foram dez conquistas.

Outro grande importante momento de sua trajetória profissional foi quando comandou a Seleção Brasileira. O ex-técnico esteve à frente do Brasil e encantou o mundo na Copa de 1982, apesar de não ter sido campeão. Na sequência, se manteve como treinador canarinho para o Mundial de 1986.

PUPILO MURICY

O atual técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, é tido como pupilo do Mestre Telê Santana. Na década de 1990, ambos os treinadores trabalharam juntos no São Paulo.

No último mês de fevereiro, Muricy ultrapassou a marca de Telê Santana, consagrando-se como o técnico com mais atuações à frente do Tricolor do Morumbi. Na ocasião, o atual treinador se emocionou ao falar de seu mestre.

– É legal, mas não tomo isso como um grande feito, porque estamos falando de um dos melhores do mundo, que foi minha referência, meu professor e treinador. Não tenho grande satisfação neste recorde. Todas as vezes em que me lembro dele dá saudade, por tudo que passamos juntos – declarou Muricy.