icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
13:27

Morreu aos 45 anos, nesta sexta-feira, o ex-técnico do Barcelona Tito Vilanova. Ele dirigiu o clube catalão após a saída de Pep Guardiola e desde 2011 lutava contra um câncer na glândula parótida.

Vilanova foi internado nesta quinta-feira em Barcelona, e havia passado por uma cirurgia de emergência. Seu estado era gravíssimo desde então.

O ex-treinador havia assumido o Barça após a saída de Guardiola. Deixou o comando do clube em julho de 2013 para se tratar do câncer. Desde então, suas aparições no Camp Nou eram raras.

E MAIS:
> "Morte de Tito afetou a todos no Barça", diz Lionel Messi
> Fotos: relembre a passagem de Tito Vilanova no Barcelona
> Barcelona prepara espaço para homenagens no Camp Nou
> Vilanova deixou carta emocionada ao sair do Barcelona

UMA CRIA DO BARCELONA

Tito Vilanova começou a sua carreira no futebol nas categorias de base do Barcelona. Como jogador passou por clubes como Figueres, na Segunda Divisão, Celta de Vigo, na Primeira, e em outras equipes da Segundona como Badajoz, Mallorca, Lleida, Elche, até encerrar a carreira pelo Gramanet em 2002.

Site do Barça homenageia técnico que assumiu time após saída de Guardiola (Foto: Reprodução)

Porém foi como treinador que Tito Vilanova teve mais destaque. Iniciou esta etapa dirigindo o juvenil do Barcelona. Comandou os ainda muito jovens Messi, Piqué e Fàbregas.

Após outra passagem por vários clubes pequenos, Vilanova voltou ao Barça para dirigir o time B. Em abril de 2012 assumiu a equipe principal do Barcelona.

Em dezembro de 2012 teve uma recaída em seu câncer na glândula parótida, que havia sido descoberto um ano antes. Voltou ao trabalho em abril de 2013, após um período de tratamento em Nova York. No entanto, em julho, após a conquista do título espanhol com a marca histórica de 100 pontos alcançada pelo Barça, Tito anunciou que deixava o comando da equipe.  

L! TV relembra a importância de Tito Vilanova para o Barcelona