icons.title signature.placeholder Paulo Victor Reis e Rodrigo Ciantar
03/06/2014
07:28

Homem de confiança do técnico Vagner Mancini, o preparador físico Moraci Sant’anna acertou com o Botafogo no sábado depois de reclamações do treinador com relação à queda de produção do time alvinegro nos minutos finais das partidas. Moraci chega ao clube com um currículo invejável e com a missão de melhorar o rendimento físico do Glorioso, que deixou a desejar em alguns jogos. Em entrevista ao LANCE!Net, o profissional falou sobre a expectativa e os novos desafios no Alvinegro.

– A expectativa é muito boa, já que a minha chegada coincide com o recesso no Brasileirão. Espero fazer uma boa programação e um bom planejamento. Assim poderemos usufruir de um condicionamento satisfatório, ideal para o Mancini desenvolver o trabalho dele – comentou Moraci, que começa a trabalhar com o elenco alvinegro no próximo dia 16, data da reapresentação dos jogadores durante a parada para a Copa do Mundo.

Moraci acompanhou a partida do Botafogo contra o Corinthians, mas evitou fazer uma análise do desempenho físico do time.

– É difícil falar apenas observando visualmente. Vamos fazer uma série de avaliações para saber o poder de cada atleta. Isso será importante para sabermos o que falta e o que já atingimos – explicou.

E MAIS:
> Antes carta fora do baralho, Airton acerta renovação com o Botafogo

Um episódio que chamou atenção no Botafogo envolvendo a parte física foram as respostas do ex-preparador Ricardo Henriques a Mancini. Insatisfeito com as críticas, o ex-profissional alvinegro disse que o técnico deveria parar de "dar desculpinhas". Moraci, porém, evitou entrar na polêmica.

– É bem provável que tenha acontecido uma preparação física voltada para a Libertadores, de mais resistência para os jogos com altitude. Não estavam errados, mas agora, para o Brasileirão, temos que pensar numa nova estratégia, num novo tipo de trabalho – disse.

Veja a entrevista completa abaixo:

Como avalia esta parada no Brasileirão para a Copa do Mundo em termos de preparação física para o elenco do Botafogo?
Teremos um mês de trabalho. O início vai ser bastante intenso, com ênfase na parte física. Costumo trabalhar bastante forte.

Este período de 15 dias de férias para os jogadores não preocupa? Houve alguma recomendação da comissão técnica aos atletas ou isso vai da consciência de cada um para não ficar fora de forma?
Vai mais da consciência dos jogadores. Acredito que este período de descanso seja ideal também para os atletas não sofrerem com sobrecarga de jogos no segundo semestre. Considero suficiente este tempo que teremos para trabalhar. O descanso é necessário.

Depois da Copa do Mundo, o Botafogo de Mancini deve jogar com velocidade ou toque de bola?
Pela experiência que tivemos no Atlético-PR, vejo que o Mancini prefere os atletas com velocidade, até pelo estilo de jogo do futebol atual. Mas isso vai depender muito dos jogadores que se tem. Você pode trabalhar a questão física e técnica, melhorar alguma coisa, mas a característica do atleta não muda.