icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
23:44

Após a derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, neste sábado, em Campinas, os jogadores do Santos lamentaram a oscilação do time no Campeonato Brasileiro. O meia Montillo atentou para este fato. Após três vitórias consecutivas (Atlético-MG, São Paulo e Portuguesa), a equipe tropeçou diante da Macaca depois de já ter empatado com o Coritiba em casa, no último domingo. O argentino, porém, livrou os garotos de culpa pelo momento.

– Temos que achar a regularidade que não achamos. Estamos jogando melhor, mas não achamos a regularidade. Temos muitos garotos jogando, não podemos jogar a responsabilidade neles. E temos muito o que melhorar – afirmou o camisa 10.

Apesar do alerta, Montillo utilizou a extensão do Campeonato Brasileiro para minimizar o resultado negativo. Foi apenas a segunda derrota do time sob o comando do técnico Claudinei Oliveira em nove jogos. A primeira havia sido em seu segundo jogo, contra o Criciúma, por 3 a 1, fora de casa, no dia 5 de junho.

- Infelizmente, tomamos o gol na saída de bola nossa, que perdemos no meio. Temos que continuar trabalhando, vamos ficar dois jogos sem atuar. O campeonato é longo e uma derrota é natural - afirmou o argentino.

Com a viagem para a Espanha nesta segunda-feira, para encarar o Barcelona, na sexta, o Santos só volta a campo no dia 7 de agosto, no clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro. Em seguida, a equipe encara o Cruzeiro, no Mineirão.

Santos joga mal e Ponte Preta vence por 1 a 0

Após a derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, neste sábado, em Campinas, os jogadores do Santos lamentaram a oscilação do time no Campeonato Brasileiro. O meia Montillo atentou para este fato. Após três vitórias consecutivas (Atlético-MG, São Paulo e Portuguesa), a equipe tropeçou diante da Macaca depois de já ter empatado com o Coritiba em casa, no último domingo. O argentino, porém, livrou os garotos de culpa pelo momento.

– Temos que achar a regularidade que não achamos. Estamos jogando melhor, mas não achamos a regularidade. Temos muitos garotos jogando, não podemos jogar a responsabilidade neles. E temos muito o que melhorar – afirmou o camisa 10.

Apesar do alerta, Montillo utilizou a extensão do Campeonato Brasileiro para minimizar o resultado negativo. Foi apenas a segunda derrota do time sob o comando do técnico Claudinei Oliveira em nove jogos. A primeira havia sido em seu segundo jogo, contra o Criciúma, por 3 a 1, fora de casa, no dia 5 de junho.

- Infelizmente, tomamos o gol na saída de bola nossa, que perdemos no meio. Temos que continuar trabalhando, vamos ficar dois jogos sem atuar. O campeonato é longo e uma derrota é natural - afirmou o argentino.

Com a viagem para a Espanha nesta segunda-feira, para encarar o Barcelona, na sexta, o Santos só volta a campo no dia 7 de agosto, no clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro. Em seguida, a equipe encara o Cruzeiro, no Mineirão.

Santos joga mal e Ponte Preta vence por 1 a 0