icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
15:13

Apesar de entrarem em campo com 11 títulos europeus na bagagem, o duelo desta terça-feira entre Juventus e Real Madrid não será a de dois postulantes à liderança do Grupo B da Liga dos Campeões. O time espanhol, com nove pontos, faz sua parte e sobra na classificação com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado Galatasaray, além de ter o melhor ataque, com 12 gols, e o artilheiro da competição, Cristiano Ronaldo. Mas os italianos decepcionam e estão ameaçados de eliminação ainda na fase de grupos. A Velha Senhora não tem sequer uma vitória e enfrentará um devastador Madrid para tentar o ínicio da recuperação.

A fase dos alvinegros no torneio não é boa, mas a equipe aposta no bom aproveitamento dentro de casa na temporada para evitar a catástrofe da eliminação na fase inicial. No Campeonato Italiano, até a 11ª rodada, foram vitórias em todos os seis jogos com o mando de campo e 15 gols marcados e quatro sofridos. Nesta Liga dos Campeões, houve apenas um jogo em Turim para a Juventus: empate em 2 a 2 com o Galatasaray (TUR).

O Real Madrid vive situação contrária ao rival desta terça-feira: momento não tão bom no campeonato nacional, atrás de Barcelona e Atlético de Madrid na classificação, e início arrasador na Liga dos Campeões. Com Cristiano Ronaldo inspirado até aqui, os merengues somam 12 gols na competição e estão empatados com o PSG como melhor ataque. Ronaldo tem sete, e está a dois gols de se tornar o maior artilheiro da fase de grupos da Liga. Para coroar a boa fase, basta um empate dos Blancos somado a um empate ou vitória para o Galatasaray no jogo contra o Copenhague para o Madrid garantir a classficicação com duas rodadas de antecedência.

O jogo da esperança de um e da consagração de outro está marcado para as 16h45 (de Brasília) desta terça-feira, no Juventus Stadium, em Turim.


Galatasaray pega "saco de pancadas" da chave

A quarta rodada do Grupo B ainda terá o Galatasaray tentando segurar a segunda colocação e visitando o Copenhague (DIN), candidato a "saco de pancadas" da chave que tem como melhor resultado até aqui um empate em casa com a Juventus. Mas os turcos terão desfalques importantes. Além do goleiro titular da equipe, o uruguaio Muslera, Wesley Sneijder, principal contratação para a temporada, também está fora do jogo por um lesão na coxa direita.

Com a vitória e um tropeço da Juventus, o time do artilheiro Drogba pode ficar a um empate na próxima rodada de eliminar antecipadamente os italianos. A partida também está marcada para as 16h45 (de Brasília) desta terça-feira, no Parken Stadium, casa do Copenhague.