icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/02/2015
13:26

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, revelou nesta quinta-feira que Robinho passou a custar mais caro ao Peixe. Segundo ele, o Milan (ITA), clube que detém os direitos do jogador, só pagou parte de seus vencimentos até o dia 31 de dezembro de 2014, e a partir do último mês, o salário integral do camisa 7 fica a cargo do Alvinegro. O valor não foi revelado pelo dirigente, mas ele garantiu não chegar a R$ 1 milhão.

Mesmo assim, o mandatário confirmou que o Santos tem intenção de estender o vínculo do Rei do Drible e passar a ter os direitos do jogador, conforme revelou o LANCE!Net.

- Claro que o Santos tem dinheiro para comprar o Robinho do Milan. Temos acervos fantásticos - resumiu Modesto, que acrescentou dizendo que aceitaria uma troca envolvendo o argentino Patito Rodríguez, que treina separado no CT Rei Pelé.

Outra possibilidade que o Santos não descarta é estender o tempo de empréstimo do contrato, que vai até junho deste ano. O clube europeu, no entanto, espera conseguir recuperar o investimento feito e quer negociar o jogador com mercados menores, como o asiático e o americano, que ainda tem a janela de transferências aberta.

Desde que retornou à Vila Belmiro, Robinho fez 24 jogos e marcou nove gols. No currículo, ele tem dois campeonato brasileiros pelo Alvinegro, de 2002 e 2004, o Paulistão de 2010 e a Copa do Brasil do mesmo ano.