icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
20:05

Agora, é hora de conhecer de fato o grupo do América-MG. É o que garantiu Moacir Júnior, motivado pela vitória por 2 a 1 da equipe sobre o Guarani-MG, na quarta-feira, pelo Estadual. Segundo o treinador, a situação mais tranquila faz com que ele busque novas opções para o decorrer das partidas:

- Com uma pontuação que não nos deixa na zona de desespero, podemos começar a ver outros jogadores. Eles terão que mostrar porque estão aqui, no América, e se realmente podem vestir a camisa do América. Sempre dizemos que time ganha jogo e um bom grupo ganha classificação, ganha título.

Alguns reservas terão oportunidade no próximo domingo, às 16h, contra o Villa Nova. Andrei Girotto, Leandro Guerreiro e Willians estão suspensos, e Moacir Júnior já adiante o que deseja para o próximo passo do América-MG no Campeonato Mineiro:

- O foco está na reestruturação do trabalho, no resgatar pontos importantes para que o América possa, jogo a jogo, pensar na próxima fase do Campeonato, da Copa do Brasil e do Brasileiro (da Série B).

O técnico afirmou que, em Divinópolis, teve uma prova de que o trabalho está no caminho certo:

- Estávamos na dúvida entre tirar o Tchô ou o Willians. Apostamos na permanência do Tchô e ele acabou resolvendo o jogo. Então isso foi um prêmio, um bônus que a gente tem por estar fazendo um trabalho sério e determinado. Temos muita coisa a evoluir, muita coisa para corrigir no decorrer do trabalho. Mas agora, com 11 pontos, começamos a ter outro horizonte. E fica sempre mais fácil corrigir com vitória do que com derrota