icons.title signature.placeholder Lucas Pastore
09/11/2013
18:18

O Palmeiras está muito perto de se sagrar bicampeão da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de ter feito treinos fechados na quinta e na sexta-feira, algo inédito até então durante a competição, o time funcionou em campo e venceu o Joinville por 3 a 0, com gols de Leandro, Juninho e Serginho, neste sábado, no Pacaembu, ficando a apenas um ponto do título. O time catarinense, por sua vez, perdeu a chance de entrar no G4.

No primeiro tempo, o "mistério" feito por Gilson Kleina, que fechou os últimos treinos coletivos do Verdão na semana, deu certo. O técnico surpreendeu ao escalar Marcelo Oliveira, que se revezava entre as funções de terceiro zagueiro e primeiro volante, e dar liberdade para Márcio Araújo apoiar pela direita, com Wesley pela esquerda. E foi no campo de ataque que o contestado camisa 18 roubou a bola de Wellington e tocou para Valdivia, que, de primeira, serviu Leandro. O atacante dominou e, com calma, colocou no canto esquerdo de Ivan para abrir o placar aos 22 minutos.

Após sofrer o gol, o Joinville acordou e mandou no resto da primeira etapa. A melhor chance veio com Wellington, que tentou se redimir dez minutos depois, mas parou na boa defesa de Fernando Prass. Assim, o placar não foi mais movimentado até o intervalo.

Logo no início do segundo tempo, má notícia para a torcida do Palmeiras. Leandro, que havia levado o amarelo na primeira etapa, foi advertido pela segunda vez e acabou expulso. O atacante estava suspenso no jogo do acesso e está fora também do próximo compromisso, que provavelmente dará o título ao Verdão.

Leandro fez o dele, mas acabou expulso (Foto: Miguel Schincariol/LANCE!Press)

Mas, mesmo com um a menos, foi o Palmeiras que voltou a balançar as redes. Aos 24 minutos, Valdivia girou sobre o zagueiro e, da entrada da área, descolou um lindo passe para Juninho, que recebeu frente a frente com o goleiro e bateu de primeira para marcar o segundo do Alviverde na partida. Na última quarta-feira, em atividade especial, o lateral tinha treinado a "dobradinha" com Marcelo Oliveira na esquerda, se alternando entre a defesa e o meio na atividade, com liberdade para avançar. A variação deu resultado.

Juninho foi substituído por Serginho. E o atacante também deixou a sua marca. Aos 42 minutos, Ananias, que entrou no lugar de Vinicius no intervalo, fez bela jogada pela direita e rolou para a entrada da área. Renatinho, volante revelado no clube que fez sua estreia no profissional, foi travado. Mas a bola sobrou para o camisa 20, que só teve o trabalho de empurrar para as redes e fechar a conta no Pacaembu.

O o Palmeiras volta a campo na terça-feira, às 21h50 (de Brasília), quando visita o Paysandu no Mangueirão. Para ser campeão, o Verdão precisará apenas empatar ou torcer para que a Chapecoense não vença o Paraná no mesmo dia, às 19h30, na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 0 JOINVILLE

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 09/11/2013 - 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (SP)
Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa-RJ) e Antonio Luiz Guimarães Junior (SP)
Renda/público: R$ 379.550,00 / 10.936 pagantes

Cartões amarelos: Valdivia, Leandro, Serginho (PAL); Eduardo, Clebinho, Marcos Vinicius, Sandro (JOI)
Cartão vermelho: Leandro, 10'/2ºT (PAL)

GOLS: Leandro, 22'/1ºT (1-0); Juninho, 25'/2ºT (2-0); Serginho, 43'/2ºT (3-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, André Luiz, Henrique e Juninho (Serginho); Márcio Araújo, Marcelo Oliveira, Wesley (Renatinho) e Valdivia; Leandro e Vinicius (Ananias). Técnico: Gilson Kleina.

JOINVILLE: Ivan; Eduardo (Clebinho), Rafael, Sandro e Rafinha; Augusto Recife (Kim), Marcus Vinícius, Marcelo Costa, Wellington Bruno e Diogo Oliveira; Edigar Junio (Ronaldo). Técnico: Sérgio Ramirez.