icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo Knopf
24/06/2014
07:00

Após fechar a contratação do zagueiro Anderson Martins, o Corinthians mira seu último alvo para o segundo semestre: o atacante Marcelo, do Atlético-PR. Enquanto as diretorias de ambos os clubes discutem os últimos detalhes da negociação, o jovem de 22 anos, em conversa com o LANCE!Net, explicou os principais motivos que o fizeram sentir simpatia pelo Alvinegro Paulista, equipe pela qual torcia em seus tempos de infância.

– A torcida do Corinthians é espetacular. É diferenciada. E isso com certeza me atrai. O clube em si me atrai. Qualquer jogador sentiria uma emoção diferente ao entrar no estádio e dar de cara com aquele bando de loucos – disse o atacante.

Na última semana, em entrevista ao LANCE!Net, o pai de Marcelo, Cesarino Cirino, contou que, ao longo de toda a vida de seu filho, “o time preferido sempre foi o Corinthians”. Marcelo confirmou a informação, mas lembrou que agora é jogador profissional e, portanto, seu “clube de coração” não deve ser levado em conta. O atacante joga no time principal do Atlético-PR desde 2009. Até então, defendia as categorias de base do Furacão.

– Ser torcedor do Corinthians era coisa mais de pequeno. Hoje em dia sou profissional. Mas o Corinthians é um grande clube, de reconhecimento mundial. Qualquer jogador gostaria de jogar pelo Corinthians – exaltou o atleta eleito revelação do Campeonato Brasileiro de 2013.

NEGOCIAÇÃO

Sonho antigo do Corinthians, Marcelo está próximo de ser anunciado como reforço alvinegro. Na última semana, o Atlético-PR fechou a pedida de 5 milhões de euros (R$ 15 milhões) por 50% dos direitos do jogador. O Timão mostrou-se disposto a investir tal quantia e, desde então, os clubes discutem a forma de pagamento. A tendência é que os paulistas paguem em parcelas semestrais.

De olho em um desfecho positivo na busca por Marcelo, a diretoria do Corinthians, desde o fim da semana passada, adotou “lei do silêncio” sobre o assunto. Os dirigentes, no entanto, seguem confiantes em um acerto com o clube paranaense.

BATE-BOLA COM MARCELO

Como você está em meio às negociações entre Corinthians e Atlético-PR?
A única coisa que sei é que os clubes estão negociando. O Atlético-PR já determinou o valor e o Corinthians aceitou pagar. É a forma de pagamento que eles discutem agora.

O Corinthians já havia se interessado por você no início do ano. O que pensa desta nova investida?
Não deu certo no começo do ano. Agora eles (diretores do Corinthians) voltaram a demonstrar interesse e então fico feliz. Vamos esperar pelo desfecho desta nova negociação.

Você trabalha com a possibilidade de a negociação entre paulistas e paranaenses não avançar?
Se der certo, vou ficar feliz, mas se permanecer no Atlético-PR vou ficar feliz também, porque é um grande clube. Jogo aqui desde pequeno, então devo muito para o Atlético-PR.