icons.title signature.placeholder Russel Dias
14/03/2014
17:31

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, esteve em Santos nesta sexta-feira. Pela manhã, ele visitou o estádio municipal Antônio Fernandes, em Guarujá, que receberá a seleção da Bósnia. No período da tarde, visitou o CT Rei Pelé e a Vila Belmiro, propriedades do Santos. Aldo Rebelo vistoriou o estádio santista, local onde a Costa Rica vai treinar durante a Copa do Mundo, em menos de 20 minutos.

Logo em seguida, conheceu todas as dependências do CT Rei Pelé, ao lado do presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues. O centro de treinamento irá servir para a seleção mexicana, no mesmo período. Perguntado sobre a estrutura do clube, o ministro não poupou elogios.

- Eu creio que aqui em Santos nada mais falta, o gramado está plantado, a área de fisioterapia está boa, aqui já está tudo pronto. Eu vejo para o clube um futuro glorioso - disse.

Sem esconder que torce para o rival Palmeiras, Aldo Rebelo fez uma brincadeira comparando a proporção de dois eventos: Copa do Mundo e centenário do seu time do coração, que também é neste ano.

- Eu falei para a Fifa que o Brasil vai acolher dois grandes eventos, o segundo em importância é a Copa do Mundo. Eu disse que o primeiro eu falo depois... - afirmou em tom descontraído, se referindo ao centenário alviverde.

Também em tom de descontração, o ministro alfinetou Zinho, gerente de futebol do Peixe, e que foi jogador do Palmeiras no início da década de 90, campeão estadual e brasileiro.

- Espero que o Zinho tenha o sucesso aqui que teve na Sociedade Esportiva Palmeiras.

Por fim, Odílio Rodrigues presentou Aldo Rebelo e o prefeito da cidade de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, com a camisa amarela do clube, que homenageia a Seleção Brasileira. As delegações internacionais começam a chegar em Santos no dia 9 de junho.