icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
08:30

Acostumado a jogar, fazer gols e alimentar sua artilharia no Independência, o atacante Jô não vê nenhum problema em jogar no Mineirão nesta segunda partida da final da Libertadores. Para o goleador do campeonato, o estádio é mais propício para encarar uma equipe como o Olimpia, diferente do argentinos na fase anterior.

- Vamos trabalhar lá (Mineirão). É um lugar que temos grande lembrança. Já colocamos uma faixa lá dentro. A meu ver, é um lugar melhor que o Independência, pelo estilo de jogo do Olimpia, que não é o mesmo do Newell’s. Lá, vamos ter o espaço para jogar. Lá é a nossa casa também, porque lá conquistamos muitos títulos - comentou o atacante, relembrando o título mineiro, conquistado dentro do Mineirão.

MAIS:
> Festa e confusão no primeiro dia de venda de ingressos
> Cuca aprova faixas de apoio espalhadas pela Cidade do Galo

Apesar da preferência, o atacante ressaltou que para ser campeão, o Atlético terá que fazer valer a força de seu elenco, independente do local de jogo.

- No Independência, estamos acostumados a jogar, local onde sempre jogamos. Sempre nos demos bem lá.  Mas quem quer ganhar a Libertadores não pode pensar assim. Todos nós acreditamos no título e não vai ter diferença de campo. Vamos tocar a bola e reverter esse resultado - concluiu, confiante, o atacante.

Acostumado a jogar, fazer gols e alimentar sua artilharia no Independência, o atacante Jô não vê nenhum problema em jogar no Mineirão nesta segunda partida da final da Libertadores. Para o goleador do campeonato, o estádio é mais propício para encarar uma equipe como o Olimpia, diferente do argentinos na fase anterior.

- Vamos trabalhar lá (Mineirão). É um lugar que temos grande lembrança. Já colocamos uma faixa lá dentro. A meu ver, é um lugar melhor que o Independência, pelo estilo de jogo do Olimpia, que não é o mesmo do Newell’s. Lá, vamos ter o espaço para jogar. Lá é a nossa casa também, porque lá conquistamos muitos títulos - comentou o atacante, relembrando o título mineiro, conquistado dentro do Mineirão.

MAIS:
> Festa e confusão no primeiro dia de venda de ingressos
> Cuca aprova faixas de apoio espalhadas pela Cidade do Galo

Apesar da preferência, o atacante ressaltou que para ser campeão, o Atlético terá que fazer valer a força de seu elenco, independente do local de jogo.

- No Independência, estamos acostumados a jogar, local onde sempre jogamos. Sempre nos demos bem lá.  Mas quem quer ganhar a Libertadores não pode pensar assim. Todos nós acreditamos no título e não vai ter diferença de campo. Vamos tocar a bola e reverter esse resultado - concluiu, confiante, o atacante.