icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
19:39

O Milan é outro grande time europeu que segue em queda livre na sua liga nacional. Porém, o Rubro-Negro italiano está em um crise muito mais profunda que o Barcelona, por exemplo. Neste domingo, a derrota para o Palermo por 2 a 0 sinalizou a terceira rodada sem vitórias da equipe heptacampeã europeia.

Os gols da partida foram marcados por Zapata, contra, e Dybala, ambos na primeira etapa. O Milan ainda tentou no segundo tempo uma improvável virada, mas sua torcida foi mesmo para casa com uma derrota. A vitória não vem desde o meio de outubro, quando o Rossonero superou o Hellas Verona por 3 a 1. Desde então, teve empates com Fiorentina e Cagliari, ambos por 1 a 1, além do revés deste domingo.

Com o resultado, que o Milan não pode justificar com o excesso de jogos pois, assim como o Manchester United, não está disputando nenhuma competição europeia, o time italiano ficou na sétima posição com 16 pontos. Ele não pode ser superado mais na rodada, apesar de na segunda-feira dois jogos ainda agitarem a Itália - a Lazio enfrenta o Cagliari e o Cesena recebe o Hellas Verona. Tirando a Lazio, que já está à frente dos rossoneri, nenhum outro time pode alcançar o Milan.