icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
05/07/2013
15:32

O Milan, enfim, cedeu e aceitou baixar a pedida de 10 milhões de euros (cerca de R$ 29 mi) para vender Robinho ao Santos. O clube italiano está disposto a negociar o atacante por 8 milhões de euros ( R$ 23 mi), valor ainda considerado alto pela diretoria alvinegra.

Até então, os rossoneros afirmavam que, por uma regra estatutária, não poderiam reduzir o preço do jogador.

O Peixe entende que o investimento seria muito arriscado em um atleta de 29 anos, que não deve dar muito retorno financeiro no futuro. Nem por isso as negociações estão encerradas. O Rei do Drible é um dos principais sonhos do clube, que seguirá negociando com o Milan.

E MAIS:
Após reunião, Milan aceita reduzir pedida por Robinho ao Santos
Galliani confirma que negociação por Robinho está encaminhada 
Santos revela interesse do Metalista em Arouca, mas confia em renovação

A favor do Santos está o fato de os rossoneros estarem dispostos a vender Robinho, que vinha perdendo espaço no time. Adriano Galliani, homem forte do futebol do Milan, confirmou que o jogador está de saída do San Siro.

- Robinho irá embora e chegará um outro atacante. Honda? Não, eu prefiro ele como meia - afirmou o dirigente, fazendo referência ao jogador japonês, do CSKA.

Por outro lado, não há muito tempo para negociação, já que a data limite para contratação de jogadores do exterior é 20 de julho.

Robinho tem contrato com o Milan até agosto de 2014 e no começo do anoque vem já poderá assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. Dessa forma, essa janela de transferência é a última na qual o clube italiano poderá lucrar com ele. O jogador passa férias na Baixada Santista e já avisou ao Peixe que está disposto a reduzir seu ganho salarial (a pedida inicial havia sido R$ 1,2 milhão por mês).

O Milan, enfim, cedeu e aceitou baixar a pedida de 10 milhões de euros (cerca de R$ 29 mi) para vender Robinho ao Santos. O clube italiano está disposto a negociar o atacante por 8 milhões de euros ( R$ 23 mi), valor ainda considerado alto pela diretoria alvinegra.

Até então, os rossoneros afirmavam que, por uma regra estatutária, não poderiam reduzir o preço do jogador.

O Peixe entende que o investimento seria muito arriscado em um atleta de 29 anos, que não deve dar muito retorno financeiro no futuro. Nem por isso as negociações estão encerradas. O Rei do Drible é um dos principais sonhos do clube, que seguirá negociando com o Milan.

E MAIS:
Após reunião, Milan aceita reduzir pedida por Robinho ao Santos
Galliani confirma que negociação por Robinho está encaminhada 
Santos revela interesse do Metalista em Arouca, mas confia em renovação

A favor do Santos está o fato de os rossoneros estarem dispostos a vender Robinho, que vinha perdendo espaço no time. Adriano Galliani, homem forte do futebol do Milan, confirmou que o jogador está de saída do San Siro.

- Robinho irá embora e chegará um outro atacante. Honda? Não, eu prefiro ele como meia - afirmou o dirigente, fazendo referência ao jogador japonês, do CSKA.

Por outro lado, não há muito tempo para negociação, já que a data limite para contratação de jogadores do exterior é 20 de julho.

Robinho tem contrato com o Milan até agosto de 2014 e no começo do anoque vem já poderá assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. Dessa forma, essa janela de transferência é a última na qual o clube italiano poderá lucrar com ele. O jogador passa férias na Baixada Santista e já avisou ao Peixe que está disposto a reduzir seu ganho salarial (a pedida inicial havia sido R$ 1,2 milhão por mês).