icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
11:47

Provável substituto de Marcos Rocha para a decisão de quarta-feira, o lateral Michel deverá encarar uma experiência única em sua carreira. Desde que chegou ao Atlético-MG, Michel tem sido a terceira opção de Cuca para a posição, mas, diante da suspensão do lateral titular e da lesão de Carlos César, reserva imediato, Michel deverá ser o responsável pelas subidas pelo flanco direito contra o Olimpia, no Mineirão.

- Eu não esperava o cartão do Marcos Rocha porque estava no fim do jogo. Vieram muitas coisas na minha cabeça, de poder jogar, ajudar a minha equipe a ser campeã. Está sendo uma coisa muito forte para mim disputar a Libertadores, ainda mais a final - comentou o lateral, único especialista na posição pelo lado direito, e à disposição de Cuca.

MAIS:
> Jô vê Mineirão melhor que o Independência para a final
> Cuca aprova faixas de apoio na Cidade do Galo

Durante os treinamentos da última sexta-feira, no entanto, a expectativa de Michel em ajudar a equipe quase foi por água abaixo. O jogador teve uma torção no tornozelo na Cidade do Galo. Apesar do susto, a lesão não foi grave e o atleta poderá participar do confronto de quarta. Mesmo ainda com dores, Michel garante que está pronto para o desafio.

- Estou bem, estou sentindo um pouco de dor. Estou tratando. Quanto ao tornozelo, dá para jogar a final. Fiz uma infiltração agora, vai dar tudo certo - concluiu.

Na manhã deste domingo, o Atlético realiza seu primeiro treino no campo do Mineirão. Na noite desta segunda-feira, a atividade será novamente no local, desta vez, no período da noite. Apenas na tarde de terça-feiar, o elenco atleticano faz seu último treino na Cidade do Galo, onde permanece em concentração até o momento da grande final, contra o Olimpia.

Provável substituto de Marcos Rocha para a decisão de quarta-feira, o lateral Michel deverá encarar uma experiência única em sua carreira. Desde que chegou ao Atlético-MG, Michel tem sido a terceira opção de Cuca para a posição, mas, diante da suspensão do lateral titular e da lesão de Carlos César, reserva imediato, Michel deverá ser o responsável pelas subidas pelo flanco direito contra o Olimpia, no Mineirão.

- Eu não esperava o cartão do Marcos Rocha porque estava no fim do jogo. Vieram muitas coisas na minha cabeça, de poder jogar, ajudar a minha equipe a ser campeã. Está sendo uma coisa muito forte para mim disputar a Libertadores, ainda mais a final - comentou o lateral, único especialista na posição pelo lado direito, e à disposição de Cuca.

MAIS:
> Jô vê Mineirão melhor que o Independência para a final
> Cuca aprova faixas de apoio na Cidade do Galo

Durante os treinamentos da última sexta-feira, no entanto, a expectativa de Michel em ajudar a equipe quase foi por água abaixo. O jogador teve uma torção no tornozelo na Cidade do Galo. Apesar do susto, a lesão não foi grave e o atleta poderá participar do confronto de quarta. Mesmo ainda com dores, Michel garante que está pronto para o desafio.

- Estou bem, estou sentindo um pouco de dor. Estou tratando. Quanto ao tornozelo, dá para jogar a final. Fiz uma infiltração agora, vai dar tudo certo - concluiu.

Na manhã deste domingo, o Atlético realiza seu primeiro treino no campo do Mineirão. Na noite desta segunda-feira, a atividade será novamente no local, desta vez, no período da noite. Apenas na tarde de terça-feiar, o elenco atleticano faz seu último treino na Cidade do Galo, onde permanece em concentração até o momento da grande final, contra o Olimpia.