icons.title signature.placeholder Thiago Correia
25/07/2014
19:03

A festa foi para Deco, mas Messi também ganhou um presente nesta sexta-feira, antes da partida de despedida do luso-brasileiro, que reuniu Porto-2004 e Barcelona-2006. O craque argentino fez sua primeira partida como profissional justamente no Estádio do Dragão, e o presidente do clube português, Pinto da Costa, deu de presente uma miniatura em prata do palco.

A partida em questão foi a inauguração do estádio, que foi construído para a Eurocopa de 2004. Em novembro do ano anterior, o Barcelona foi o convidado para enfrentar o Porto na abertura de sua nova casa.

- Estou feliz por voltar ao estádio em que estreei. Foi em um amistoso e nunca mais voltei. Depois de muito tempo, consegui - disse o craque, para depois exaltar Deco:

- Tive a sorte de poder jogar com Deco e, mais ainda, de poder fazê-lo durante muito tempo. Feliz por fazer parte desta homenagem. Queria estar aqui, pelo que este jogo significava para o Deco, pela homenagem que ele merece, pelo que foi como jogador e é como pessoa. Aproveitei muito ao jogar com ele. Aprendi muitíssimo, passamos muito tempo no vestiário. Ele e outros ajudaram-me muito. Tenho a agradecer-lhe a forma como me tratou sempre.

Messi ainda aproveitou para fazer uma rápida visita ao museu. E o argentino demonstrou simpatia diversas vezes. Além de se mostrar alegre pelo presente, também abraçou um fã portista que invadiu o campo durante o jogo.

* O repórter viajou como convidado do FC Porto Brasil