icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
09:39

O argentino Messi concedeu sua primeira entrevista coletiva da temporada nesta quarta-feira, após o treino do Barcelona. Entre os temas abordados, o atacante falou sobre Neymar, o conflito entre Tito Vilanova e Guardiola, seus problemas com o Fisco e da saída de Thiago Alcântara.

Com relação a Neymar, Messi voltou a dizer que não terá problemas para se entender em campo com o brasileiro e que este irá somar muito à equipe do Barça.

- Espero que dentro de campo funcione, é um grande jogador. Chega a um time cheio de grandes jogadores e creio que não terá problemas para se adaptar. Não sei de onde tiram isso de que Neymar e eu não vamos nos dar bem. Me parece um bom garoto e não vai haver problema porque temos um grupo de boas pessoas - afirmou o argentino.

Quanto foi questionado sobre suas dívidas com o Fisco, Messi não se exasperou e disse simplesmente que confia nos seus representantes.

- Eu estou tranquilo, estou longe de tudo isso. Meu pai e eu temos nossos assessores, que trabalham com isso e confiamos neles. Espero que solucionem. Eu não entendo nada disso e por isso temos advogados - explicou.

Sobre a saída de Thiago Alcântara, Messi simplesmente falou que se trata de uma opção pessoal e não se estendeu muito no tema.

- São decisões pessoas, ele decidiu ir porque acredita que vai jogar mais. É uma decisão sua.

Poucas palavras também foram gastas para falar sobre o conflito iniciado entre Pep Guardiola, atual técnico do Bayern de Munique, e Tito Vilanova, comandante do Barça.

- É uma coisa entre eles dois e não tenho de me meter. Já falaram e tudo já está claro, não opino sobre o tema.

O argentino Messi concedeu sua primeira entrevista coletiva da temporada nesta quarta-feira, após o treino do Barcelona. Entre os temas abordados, o atacante falou sobre Neymar, o conflito entre Tito Vilanova e Guardiola, seus problemas com o Fisco e da saída de Thiago Alcântara.

Com relação a Neymar, Messi voltou a dizer que não terá problemas para se entender em campo com o brasileiro e que este irá somar muito à equipe do Barça.

- Espero que dentro de campo funcione, é um grande jogador. Chega a um time cheio de grandes jogadores e creio que não terá problemas para se adaptar. Não sei de onde tiram isso de que Neymar e eu não vamos nos dar bem. Me parece um bom garoto e não vai haver problema porque temos um grupo de boas pessoas - afirmou o argentino.

Quanto foi questionado sobre suas dívidas com o Fisco, Messi não se exasperou e disse simplesmente que confia nos seus representantes.

- Eu estou tranquilo, estou longe de tudo isso. Meu pai e eu temos nossos assessores, que trabalham com isso e confiamos neles. Espero que solucionem. Eu não entendo nada disso e por isso temos advogados - explicou.

Sobre a saída de Thiago Alcântara, Messi simplesmente falou que se trata de uma opção pessoal e não se estendeu muito no tema.

- São decisões pessoas, ele decidiu ir porque acredita que vai jogar mais. É uma decisão sua.

Poucas palavras também foram gastas para falar sobre o conflito iniciado entre Pep Guardiola, atual técnico do Bayern de Munique, e Tito Vilanova, comandante do Barça.

- É uma coisa entre eles dois e não tenho de me meter. Já falaram e tudo já está claro, não opino sobre o tema.