icons.title signature.placeholder Thiago Correia
25/07/2014
14:54

Os boatos de que os jogadores convidados para a partida de despedida do Deco iriam passar em um café anexo ao Estádio do Dragão se confirmou. Pelo menos duas horas antes do encontro, centenas de torcedores esperaram, e puderam ver ídolos como o próprio dono da festa, além de Messi, Vítor Baía, Eto'o, Costinha e Belletti, além de Davids, que chegou a jogar no Barça, mas em outra época.

Como o jogo é festivo e não há tanto compromisso, os protocolos normais não foram seguidos. Menos de duas horas da bola rolar, um lanche no café que fica na entrada do museu do Porto, no Estádio do Dragão, que vai receber o jogo entre o time da casa campeão europeu em 2004, contra o Barça de 2006, também vencedor da Champions.

Deco conversa com o presidente Pinto da Costa (Foto: Thiago Correia)

Uma mesa tinha alguns dos ex-jogadores do Barça, como Belletti, Eto'o, Oleguer e Van Bommel. Em pé, os ex-Porto, como Costinha, Maniche e Nuno Valente. Vítor Baía, jogador com mais títulos entre todos os presentes, era praticamente um mestre de cerimônias, falando com todos. Quando Messi chegou, a maior euforia da torcida (claro, sem contar o Deco). Quando encontrou o luso-brasileiro, já deu logo um forte abraço.

O argentino bateu ainda um rápido papo com o presidente do Porto, Pinto da Costa. A torcida ficou pedindo para que o dirigente oferecesse um contrato ao craque.

O jogo festivo começa às 15h45 (de Brasília) e vai ter transmissão em tempo real no LANCE!Net.

* O repórter viaja como convidado do FC Porto Brasil